ASSINE

Homem é detido por populares em cemitério após assalto em Vila Velha

Usando arma falsa, suspeito de 22 anos levou o celular da vítima na tarde desta terça-feira (24). O jovem foi levado para a delegacia, assim como uma mulher que estava com ele

Publicado em 24/08/2021 às 19h31
Atualizado em 25/08/2021 às 13h22
Jovem de 22 anos é detido no cemitério após cometer assalto no Centro de Vila Velha
Jovem de 22 anos foi detido no cemitério após cometer assalto no Centro de Vila Velha. Crédito: Leitor de A Gazeta | Montagem A Gazeta

Após cometer um assalto, um jovem acabou detido dentro do Cemitério Municipal de Vila Velha na tarde desta terça-feira (24). Ele foi alcançado e contido por pessoas que estavam na região até a chegada da Guarda Municipal ao local.

Segundo a Prefeitura de Vila Velha, o suspeito de 22 anos estava com uma arma de fogo falsa (simulacro). Por volta das 14h30, o jovem passou de bicicleta pela Avenida Jerônimo Monteiro, na esquina com a Rua Arariboia, no Centro do município, e assaltou uma mulher, que teve o celular levado.

Elisângela Fraga de Oliveira

Subsecretária da Guarda Municipal de Vila Velha

"Ele fugiu em direção ao bairro Ilha dos Ayres. A vítima correu atrás e começou a gritar, chamando a atenção de populares. Um munícipe o viu pulando o muro do cemitério. O celular foi achado escondido dentro da camisa que ele tirou, no vão de uma catacumba"

Vídeos enviados por leitores de A Gazeta mostram o jovem sendo detido por agentes da Guarda Municipal. Ao redor, há dezenas de pessoas aglomeradas, a maioria sem máscara. Em um dado momento da gravação, um homem chega a agredir o suspeito na cabeça, usando um capacete.

Segundo a subsecretária da Guarda de Vila Velha, Elisângela Fraga de Oliveira, a chegada dos agentes ao local foi importante até para impedir um linchamento. "Um dos populares achou um simulacro de arma de fogo e, com o passar do tempo, juntaram pessoas em volta que queriam agredir o suspeito", contou.

Suspeito de roubo é detido pela população em cemitério de Vila Velha

No momento em que o suspeito foi encontrado, ele estava acompanhado de uma mulher de 38 anos. Como a vítima relatou que uma mulher teria atuado como comparsa dele, ela também acabou sendo conduzida para uma averiguação na delegacia do município.

"Segundo ela, eles se conheceram ontem (segunda-feira, 23). Ele (o suspeito) está em situação de rua, mas ela estava bem cuidada, falou que trabalha como merendeira, mas que é usuária de drogas. Ela disse que não sabia do assalto e que não tinha visto a arma", contou a subsecretária da Guarda Municipal.

200 metros

Foi a distância aproximada percorrida pelo assaltante até ser detido

Gerente de uma loja na região, André de Souza Silva estava trabalhando quando o assalto aconteceu e foi uma das pessoas que correu atrás do suspeito. "A mulher estava em frente a uma loja, havia acabado de chegar com o marido, que ainda estava na moto quando o assaltante passou", disse.

Um amigo de André foi o primeiro a sair correndo. "Meu amigo saiu atrás dele por um lado e eu pelo outro. Achamos o assaltante no cemitério. A vítima disse que ele estava com camisa de time e eu vi que ele estava sentado em cima de uma. Quando questionei, ele pegou uma pedra e quis nos atacar", continuou.

André de Souza Silva

Gerente de loja

"Foi uma coisa inesperada. Agimos na emoção, porque vai que a arma não era de mentira. Fomos no calor do momento"

De acordo com a prefeitura, o jovem de 22 anos e a mulher de 38 anos foram conduzidos à Delegacia Regional de Vila Velha. A Polícia Civil informou que o homem foi autuado em flagrante por roubo e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. Já a mulher foi ouvida e liberada, pois a autoridade policial entendeu que não havia elementos suficientes para lavrar auto de prisão em flagrante.

Atualização

25 de Agosto de 2021 às 13:22

A Polícia Civil informou o encaminhamento dado ao jovem e à mulher que foram conduzidos até a delegacia. O texto foi atualizado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.