ASSINE

Gerente do tráfico do Morro do Macaco é preso em Jardim Camburi

Lucas Rodrigues, conhecido como Madruga, tinha dois mandados de prisão em aberto. Ele foi preso em frente a um shopping em Vitória e chegou a mostrar um documento falso

Vitória
Publicado em 09/10/2021 às 13h21
Lucas Rodrigues, o Madruga, foi preso pela PM. Ele é apontado como gerente do tráfico do Morro do Macaco
Lucas Rodrigues, o Madruga, foi preso pela PM em Jardim Camburi. Crédito: Divulgação

Polícia Militar prendeu na noite de sexta-feira (8) Lucas Rodrigues, conhecido como Madruga, que atuava como gerente do tráfico de drogas no Morro do Macaco, em Vitória. Ele foi preso em frente a um shopping em Jardim Camburi, na Capital.

No momento da abordagem policial, Lucas chegou a apresentar um documento falso, com outro sobrenome. Ele tinha dois mandados de prisão em aberto.

O Departamento de Inteligência da Polícia Militar já estava monitorando os passos de Lucas. Por volta das 18h30,  militares da Força Tática da PM foram acionados para abordar um Hiunday HB20 branco em frente a um shopping em Jardim Camburi, onde o gerente do tráfico do Morro do Macaco estaria.

Quando a PM chegou ao local, Lucas apresentou um documento falso, que tinha um outro sobrenome: Santos Souza. Ele estava com a namorada, que foi questionada pelos militares sobre informações pessoais do rapaz. Ao confirmar que se tratava de Madruga, que tinha mandados de prisão em aberto, a Polícia Militar o levou para a Delegacia Regional de Vitória, de onde ele foi encaminhado ao presídio.

LIGAÇÃO COM O PCV

A polícia já tinha tentando prender Lucas antes. Ele era um dos alvos da Operação Phítikos, realizada pelo Departamento  Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em maio deste ano, para combater o tráfico de drogas no Morro do Macaco.

Segundo o serviço de inteligência da PM, era Lucas, ou Madruga, quem fazia a movimentação financeira do tráfico na região, comandada pelos Irmãos Vera. Ele era o homem de confiança deles.

Os Irmãos Vera são apontados pela polícia como os responsáveis pelos ataques em Nova Palestina e Andorinhas. Além disso, eles são ligados ao Primeiro Comando de Vitória (PCV), organização criminosa que domina todo o Complexo da Penha. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Bairro Jardim Camburi Vitória (ES) Polícia Militar tráfico de drogas Morro do Macaco

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.