ASSINE

Empresário chinês que morava em Cachoeiro é morto a tiros na Bahia

Li Jinlin, de 40 anos, foi morto neste sábado (23). Ele estava na Bahia analisando uma área a ser explorada para extração de granito

Cachoeiro de Itapemirim
Publicado em 25/10/2021 às 13h20
Li Jinlin, de 40 anos, foi morto neste sábado (23). Ele estaria na Bahia analisando uma área a ser explorada para extração de granito
Empresário chinês de Cachoeiro é assassinado a tiros na Bahia. Crédito: Redes Sociais

Um empresário chinês que morava em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, foi morto a tiros no Estado da Bahia, neste sábado (23). Li Jinlin, de 40 anos, foi assassinado enquanto visitava uma área a ser explorada para extração de granito.

Segundo a Polícia Civil da Bahia, o crime está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Saúde, que fica a 353 km de Salvador. A autoria e a motivação estão sendo apuradas.

Até o momento, as informações da Polícia Civil são de que Li estava com mais duas pessoas analisando a área quando foi rendido por um homem, que atirou contra ele.

Li ficou conhecido em Cachoeiro porque além de trabalhar no setor de mármore e granito, era proprietário de uma pastelaria na região Central da cidade.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.