ASSINE

Dois homens são presos após ameaças a ex-mulheres em Cariacica

Em um dos casos, homem teria violado medida protetiva e entrado na casa da ex-mulher para ameaçá-la, em Graúna. No outro, foi apreendido um canivete com suspeito ameaçando a ex, em Vila Capixaba

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 28/05/2022 às 12h56
Delegacia da mulher na Ilha de Santa Maria em Vitória
Homens foram levados para o Plantaç Especializado da Mulher, em Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Dois homens foram presos em Cariacica após ameaçarem suas ex-mulheres na tarde e na noite dessa sexta-feira (27). Um deles, de 44 anos, foi preso quando se aproximava da casa da ex-mulher, de 47 anos, em um cavalo e portando um canivete. O segundo, de 39 anos, foi detido pela Polícia Militar após ter entrado na casa da ex-mulher, de 36 anos, para ameaçá-la, violando medida protetiva. 

Conforme boletim unificado registrado no Plantão Especializado da Mulher, em Vitória, uma mulher de 47 anos acionou o Ciodes após receber ligações do ex-marido, de 44 anos, com ameaças, devido a desavenças relacionadas a um dos filhos do ex-casal, de 10 anos.  O homem teria dito que estava armado, que iria até a residência dela e mataria todos que estivessem lá. 

Em relato aos policiais, a mulher informou que a criança teria presenciado uma briga entre o pai e a atual namorada dele, motivo pelo qual teria se recusado a voltar à casa dele, na zona rural de Cariacica. O homem não teria concordado com a situação e insistia em ver a criança. Por isso, teria ameaçado a ex-mulher, que reside em Vila Capixaba.

Enquanto ouviam o relato da mulher, os policiais avistaram o ex-marido dela vindo montado a cavalo. Ele tentou fugir do local, mas foi abordado pelos militares, que encontraram um canivete na cintura dele, além de um celular.  O homem foi levado para a Delegacia da Mulher, pois a mulher decidiu representar contra ele.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi conduzido ao Plantão Especializado de Atendimento à Mulher (PEM). Lá foi autuado em flagrante por injuria e ameaça. Como não pagou a fiança arbitrada pela autoridade policial, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

Já o segundo caso, segundo a descrição da ocorrência registrada junto à Polícia Militar, a mulher de 36 anos estava em casa quando, por volta das 19 horas, seu ex-companheiro entrou extremamente alterado lhe fazendo ameaças. Ela, então, acionou a Polícia Militar, que o localizou escondido embaixo de uma escada. 

Em seguida, o homem foi algemado por ter resistido à prisão e conduzido ao Plantão Especializado da Mulher. Aos policiais, a mulher mostrou que possui medida protetiva contra o ex-companheiro, com base na Lei Maria da Penha. O caso ocorreu no bairro Graúna, em Cariacica. 

O homem, que tem 39 anos, também foi levado para o Plantão Especializado de Atendimento à Mulher (PEM), foi autuado em flagrante por injuria, perseguição, invasão de domicílio e foi direcionado ao Centro de Triagem de Viana.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.