ASSINE

Discussão entre homem e mulher termina em morte em Guaçuí

Mulher subiu em caminhonete para fugir de agressão e acabou sendo perseguida e atropelada pelo agressor ao descer do veículo, na tarde desta quinta-feira (28)

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 28/10/2021 às 20h48
Atualizado em 29/10/2021 às 13h15

Uma briga entre um casal terminou em morte em Guaçuí, no Sul do Estado. Para fugir das agressões do homem, que seria o ex-marido dela, Carla Valadares da Silva Souza, de 35 anos, subiu na caçamba de uma Fiat Strada que passava em baixa velocidade e foi perseguida pelo agressor. No trajeto, ela saltou do veículo e acabou atropelada pelo ex. Carla morreu após ser socorrida.. Imagens de videomonitoramento mostram o atropelamento. Veja:

O fato ocorreu na tarde desta quinta-feira (28). Segundo a Polícia Militar, a corporação foi acionada por volta das 18h, pois, segundo informações, uma mulher estaria sendo agredida por um homem e, após populares intervirem, ela teria entrado em um carro branco, sendo perseguida pelo suspeito, que estava em um Ford Fiesta preto.

A PM informou que miliares se deslocaram até o local informado e, ao retornarem para Guaçuí, foram informados por populares que um homem havia atropelado uma mulher em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros. Quando os policiais chegaram, Carla já estava sendo atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela foi socorrida para o Pronto-Socorro de Guaçuí, mas morreu após dar entrada na unidade.

Mulher chegou a ser socorrida pelo Samu
Mulher chegou a ser socorrida pelo Samu, mas morreu após dar entrada no Pronto-Socorro de Guaçuí. Crédito: Corpo de Bombeiros

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito fugiu do local a pé e os militares realizaram buscas na região, com apoio de outras viaturas, mas o homem não foi localizado. O Ford Fiesta preto que ele dirigia foi deixado no local, com a frente destruída. A perícia da Polícia Civil foi acionada para o local. 

O QUE DIZ A POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil informa que diligências estão em andamento e o caso segue sob investigação na Delegacia de Polícia de Guaçuí. Até o momento, o suspeito não foi localizado.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

MOTORISTA DA CAMINHONETE DISSE QUE NÃO CONHECIA A VÍTIMA

Na versão do motorista da Fiat Strada aos Bombeiros, que também estiveram no local, ele não conhecia a vítima. Ele contou que reduziu a velocidade ao ver a briga entre o homem e a mulher para entender o que estava acontecendo e, após a mulher subir no veículo, o homem, que estava em um Ford Fiesta preto, o seguiu e jogou o carro em direção à caminhonete.

CASAL MORAVA EM VARRE-SAI, NO RJ

Segundo a Polícia Militar, o casal morava na cidade de Varre-Sai, no Estado do Rio de Janeiro e estava separado há uma semana. A briga teria começado depois que a vítima foi em casa, nesta quinta-feira (29). “No fim de semana eles brigaram e ela saiu de casa.  Ontem ela retornou, provavelmente, para pegar alguma coisa, foi quando começaram a brigar”, disse o tenente Urubatan Rabello.

Atualização

28 de Outubro de 2021 às 22:30

Após a publicação desta matéria, a Polícia Militar respondeu à demanda de A Gazeta, detalhando o atendimento à ocorrência. O texto foi atualizado com as informações enviadas pela PM.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.