ASSINE

Criminoso na lista dos mais procurados de Minas é preso na Serra

De acordo com informações da Polícia Civil do ES, o homem de 24 anos é investigado por ser líder de uma organização criminosa no Estado mineiro

Publicado em 05/10/2021 às 07h20
Walace Martins dos Santos, o Saboroso
Walace Martins dos Santos, o Saboroso, apontado como chefe de organização criminosa em MG. Crédito: Divulgação/PCES

Apontado como um dos criminosos mais procurados de Minais Gerais, Walace Martins dos Santos, conhecido como Saboroso, de 24 anos, foi preso pela Polícia Civil em Manguinhos, na Serra, na última sexta-feira (1º).

Além dele, três homens suspeitos de integrar um grupo que atuava na cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais, foram presos no mesmo município capixaba. Os detalhes do caso foram revelados nesta terça-feira (5) pela Polícia Civil.

De acordo com as investigações, o grupo já vinha cometendo crimes no Espírito Santo e se articulava para controlar o tráfico de drogas. Saboroso era considerado foragido por envolvimento em assassinato.

Segundo o titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra, delegado Rodrigo Sandi Mori, Saboroso era o suspeito de crimes mais procurado de Governador Valadares e um dos mais procurados do Estado de Minas Gerais. 

Rodrigo Sandi Mori

Delegado

"Walace é líder do Primeiro Comando de Era Nova, responsável pelo tráfico da região e também por diversos homicídios, latrocínios e roubos naquele município"

Delegado Sandi Mori fala sobre a prisão de Mineiro

Contra ele, havia um mandado de prisão por homicídio no Estado de Minas Gerais. Após o compartilhamento de informações entre as polícias capixaba e mineira, Saboroso foi preso no dia 1º de outubro em um condomínio localizado em Manguinhos.

Outro preso é Lucas Adriano Barbosa de Oliveira, de 23 anos. Contra ele, havia um mandado de prisão por roubo. O nome do terceiro suspeito, flagrado com uma pistola, não foi divulgado pela Polícia Civil. Ele não é réu perante a Justiça.

Lucas Adriano Barbosa de Oliveira, de 23 anos
Lucas Adriano Barbosa de Oliveira, de 23 anos. Crédito: Divulgação/PCES

ASSALTO IMPEDIDO

Segundo Sandi Mori, a prisão dos criminosos aconteceu um dia antes de eles assaltarem uma casa de luxo em Manguinhos. O delegado informou que o roubo aconteceria no dia 2 de outubro. 

"Eles já estavam monitorando essa residência há dois meses. Inclusive, o indivíduo que foi preso com a arma de fogo tinha chegado naquele dia especialmente para cometer esse roubo", explica o delegado.

Lucas e Walace também estavam com documentos falsos quando foram presos.

LATROCÍCIO NA SERRA

O quarto integrante da organização foi preso no dia 4 de agosto. Segundo Sandi Mori, Ravel Cristiano dos Santos, de 20 anos, é suspeito de assassinar um homem identificado como Cristiano Gomes de Paulo em julho deste ano, no bairro Vila Nova de Colares. 

Conforme apontou a polícia, o objetivo dele era roubar duas armas que a vítima estava vendendo no local. Ravel também já é réu na Justiça pelo crime de latrocínio, o roubo seguido de morte.

Ravel Cristiano dos Santos, de 20 anos
Ravel Cristiano dos Santos, de 20 anos. Crédito: Divulgação/PCES

Atualização

5 de Outubro de 2021 às 13:43

A Polícia Civil divulgou novas informações e imagens dos homens presos na manhã desta terça-feira (5).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.