ASSINE

Crime brutal com 5 mortos da mesma família choca cidade do ES

Flávio Sandro Olmo, de 42 anos, matou a esposa, os três filhos e depois tirou a própria vida. Segundo a prefeita, o município vai decretar luto de três dias

Rede Gazeta
Publicado em 15/06/2021 às 12h38
Morte de família choca moradores de cidade do ES. Crédito: Reprodução | TV Gazeta
Morte de família choca moradores de cidade do ES. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

A morte de uma família em São Domingos do Norte, Noroeste do Espírito Santo, na madrugada desta terça-feira (15), chocou os moradores do município. Flávio Sandro Olmo, de 42 anos, matou a esposa, os três filhos e depois tirou a própria vida. A prefeitura vai decretar luto de três dias.

Vizinhos da família relataram à reportagem da TV Gazeta Noroeste estarem chocados com o ocorrido. O clima no município de quase 9 mil habitantes é de perplexidade.

Em conversa com a reportagem de A Gazeta, a prefeita de São Domingos do Norte, Ana Izabel (DEM), afirmou que o sentimento é de perda de uma família muito querida.

Ana Izabel

Prefeita 

"A cidade está em luto, estamos de luto. O sentimento é de perda de uma família muito linda, muito querida. Todos conheciam eles da igreja. Vamos decretar luto de três dias"
auto-upload
Morte de família choca moradores de cidade do ES. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

A MORTE DA FAMÍLIA

Por volta das 7h30 da manhã, o irmão de Flávio estranhou que uma das sobrinhas não tinha passado em sua casa, como fazia todos os dias. Ele foi até a casa da família apurar o que havia acontecido e se deparou com a família morta.

De acordo com informações da Polícia Militar, Flávio aguardou a família adormecer e, em posse de uma marreta, teria desferido golpes na cabeça das vítimas, com intuito de matá-las. As vítimas estavam em três cômodos diferentes. Os filhos mais novos Anelise de Souza Olmo, de 4 anos, e Ítalo de Souza Olmo, de 8 anos, em um quarto, em uma beliche; a filha mais velha, Lais de Souza Olmo, de 18 anos, sozinha, em outro quarto; e a esposa Eusivania Marcelino de Souza, de 40 anos, no quarto do casal.

PROCESSO DE SEPARAÇÃO

Segundo informações da Polícia Militar e da Secretaria de Assistência Social, familiares relataram que o casal estaria em processo de separação, mas morando juntos. Flávio não tinha passagem pela polícia e não possuía histórico de violência registrado.

AJUDA

Precisa de ajuda? Está angustiado? Precisando conversar? Acione o Centro de Valorização da Vida (CVV) no número 188. O atendimento é gratuito e você não precisa se identificar.

Com informações de Alessandro Bacheti, da TV Gazeta Noroeste

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.