ASSINE

Cadeirante atira na ex-mulher que largou emprego para cuidar dele no ES

A filha da vítima contou que a mãe e o ex estão separados há 15 anos, mas são vizinhos e ela cuidava dele

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 27/06/2022 às 12h08
Homem foi preso após atirar na ex-mulher em Cariacica.
Homem foi preso após atirar na ex-mulher em Cariacica. Crédito: Fabrício Christ

Um homem de 58 anos foi preso, na noite deste domingo (26), por atirar na ex-mulher, no bairro Campo Verde, em Cariacica. Atingida de raspão no pescoço, a vítima, uma dona de casa de 62 anos, ligou para a filha dizendo que foi baleada pelo homem, identificado como Jair de Oliveira.

A filha da vítima contou que a mãe e o ex estão separados há 15 anos, mas são vizinhos e ela cuidava dele, pois o homem tem uma doença degenerativa e é cadeirante. Ainda segundo a filha, a mãe contou que estava dormindo e já acordou com o ex apontando a arma para ela. Ela o empurrou e o tiro passou de raspão pelo seu pescoço e depois atingiu a parede.

Depois de ser baleada na casa do ex, a mulher correu para a residência dela e o homem a perseguiu e atirou pelo menos mais três vezes. Depois, o homem atirou nele mesmo e o tiro pegou de raspão no pescoço.

A filha da vítima contou ainda que o ex-padrasto é cadeirante há cerca de cinco anos e que a mãe dela pediu demissão do trabalho para cuidar dele. "Ele estava morando com uma mulher que abandonou ele. Ela [minha mãe] tomava conta dele. Pediu conta do serviço pra tomar conta dele. Limpava, passava, cozinhava, dava banho, comida na boca, limpava a casa dela, limpava a casa dele. Ela dormia no quarto porque ele caía muito porque queria levantar e não conseguia. Ela começou a dormir lá porque ele começou a cair com mais frequência", contou a filha da dona de casa.

A dona de casa e o ex-marido estão internados no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (São Lucas), em Vitória. O homem foi autuado por tentativa de homicídio e está sendo vigiado pela Polícia Militar.

Até a última atualização deste texto, a reportagem não havia obtido contato com o preso ou a defesa dele.

*Com informações de Daniela Carla, da TV Gazeta.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.