ASSINE

Bandidos arrombam prédio e roubam instituto social de Vila Velha

Crime aconteceu na madrugada deste domingo (19) e computadores, câmeras e até quimonos de jiu-jitsu foram roubados; instituto atende crianças e jovens em risco social

Publicado em 19/04/2020 às 12h19
Atualizado em 19/04/2020 às 12h22
O Instituto Social Esperança, em Argolas, Vila Velha, foi arrombado na madrugada deste domingo (19)
O Instituto Social Esperança, em Argolas, Vila Velha, foi arrombado na madrugada deste domingo (19). Crédito: Jéssica Rangel

O Instituto Social Esperança, em Argolas, Vila Velha, foi arrombado na madrugada deste domingo (19).  De acordo com funcionários do local, o assalto pode ter ocorrido por volta das 3h. Nenhum vizinho ou morador próximo afirmou ter visto movimentação estranha no horário.

Os assaltantes arrombaram a janela da secretaria do prédio e, desde a sala, conseguiram ter acesso aos vários cômodos do instituto, que presta assistência a crianças e adolescentes que vivem em situação de risco social.

"O presidente foi até o prédio às 8h e constatou o arrombamento. Os bandidos levaram muitos objetos de valor, como câmeras fotográficas, computadores, filmadoras, aparelhos de TV e até os quimonos usados pelas crianças para praticar jiu-jitsu", lamenta a assistente social do Instituto Esperança, Jéssica Rangel. 

"Ainda não contabilizamos os prejuízos, mas teremos dificuldades para repor o que foi roubado. Vivemos de ajudas comunitárias, muito por conta dos donativos que recebemos da sociedade e também da Prefeitura de Vila Velha. Nossa única saída agora é recorrer a eles", complementa.

FURTOS

Além dos objetos de valor, os bandidos ainda levaram alimentos que seriam doados para a comunidade de Argolas. "Por conta da quarentena, os alunos não estão tendo aulas no centro, mas a assistência continua. Fazemos cestas básicas para ajudar no sustendo das famílias mais necessitadas. O que os assaltantes não roubaram, eles fizeram questão de jogar no chão, inutilizando esses alimentos", ressalta Jéssica.

A Polícia Militar foi acionada e fez uma vistoria no local ainda na manhã deste domingo (19). 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.