ASSINE

Aposentado é encontrado morto com sinais de tortura em São Mateus

Segundo a família da vítima, o aposentado recebeu recentemente uma indenização de R$ 83 mil e fazia uma ampliação no local onde morava

Linhares
Publicado em 21/01/2022 às 12h05
Casa onde aposentado foi encontrado morto, em São Mateus
Casa onde aposentado foi encontrado morto, em São Mateus. Crédito: Raphael Verly/TV Gazeta Norte

Um homem de 63 anos foi encontrado morto dentro da própria casa, no bairro Mariricu, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, na manhã desta sexta-feira (21). A vítima foi identificada como Marcos Gomes Rangel.

Já sem vida, o aposentado estava em uma cadeira, com os pés e braços amarrados, além de uma sacola que cobria a cabeça.  Indicativos de que a vítima foi torturada, segundo informações apuradas pela reportagem da TV Gazeta no local do crime com a Polícia Militar e a família de Marcos.

SUSTO AO CHEGAR

O pedreiro da obra na residência foi quem viu o aposentado já falecido no momento em que chegou para trabalhar nesta manhã. A vítima havia se mudado para o imóvel atual há cerca de seis meses.

Segundo a família, Marcos recentemente recebeu uma indenização de R$ 83 mil e falava para vizinhos que teria esse dinheiro. Pessoas próximas à vítima disseram que o homem tinha boa convivência com todos.

Polícia Civil está nas ruas conversando com moradores do bairro e informou, por nota, que a ocorrência está em andamento e não há mais detalhes para passar no momento. 

*Com informações de Rosi Bredofw, da TV Gazeta Norte

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.