Após recorde em 2019, denúncias anônimas seguem em alta no ES

Foram 31.620 notificações nos primeiros seis meses do ano. Segundo a polícia, número é  27,5% maior do que no mesmo período de 2019

Publicado em 02/07/2020 às 18h41
Atualizado em 02/07/2020 às 18h41
Celular
Em média 5.270 denúncias são feitas por mês. Crédito: Pixabay

Até o dia 30 de junho deste ano, data que marca o fim do primeiro semestre de 2020, o Disque-Denúncia do Espírito Santo recebeu 31.620 notificações, seja pelo número de telefone 181 ou pelo site oficial. Segundo os dados oficiais, o número é 27,5% superior às 24.821  notificações no mesmo período do ano passado. Foram 6.799 denúncias a mais do que foi contabilizado até 30 de junho de 2019, ano em que o serviço atingiu um recorde de denúncias. Ainda não há uma porcentagem das denúncia que tiveram andamento e foram elucidadas.

De acordo com o delegado responsável pelo Disque-Denúncia, Paulo Expedicto Amaral, a tendência de crescimento se explica pela criação do site em 2018 e as atualizações ao longo do tempo. Ele explica que havia uma percepção de queda dos números, logo revertida pela otimização do canal.

"(A criação do site) Deu uma visibilidade muito grande. Inclusive outros Estados do país se interessam pelo fluxo e pela metodologia de trabalho adotadas pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp)", conta o delegado.

Uma das alterações no site envolve o detalhamento dos crimes. Ao abrir a página, o denunciante pode escolher a qual área pertence a notificação. Seja ela contra corrupção, crime ambiental ou tráfico de drogas, por exemplo. Após a denúncia, o indivíduo recebe um código, que permite o acompanhamento da denúncia.

O coordenador do Disque-Denúncia detalha que há uma média de 5.270 chamados por mês. Segundo os números oficiais, os quatro primeiros meses de 2020 registraram uma quantidade igual ou maior de denúncias se comparado aos anos de 2019 e 2018.

"Toda e qualquer denúncia pode ser feita pelo canal", reforça Paulo Expedicto. Ainda não há um número concreto de crimes elucidados entre as mais de 31 mil denúncias recebidas no primeiro semestre.

As denúncias podem ser feitas pelo número de telefone 181 ou pelo site oficial.

Espírito Santo Polícia Civil Sesp Polícia Militar crime desaparecidos drogas espírito santo tráfico de drogas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.