ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Ao ser preso no ES, homem confessa ter matado ex-namorada em MG por ciúmes

Para a polícia capixaba, Anderson Christian de Oliveira disse que matou Natalia Epifania de Oliveira por ciúmes, ao vê-la perto de outro rapaz

Publicado em 14/07/2021 às 12h40
Anderson Christian de Oliveira é apontado como o autor do assassinato de Natalia Epifania de Oliveira com três tiros na cabeça durante uma festa na madrugada do último domingo (11) em Minas Gerais
Anderson Christian de Oliveira foi preso em um motel no Centro de Vitória nesta terça (13). Crédito: Divulgação / Polícia Civil ES

O homem preso no Espírito Santo acusado de ter matado a ex-namorada com três tiros na cabeça em Minas Gerais se mostrou uma pessoa fria e chegou até a ironizar o caso no momento da prisão, segundo a polícia. Em entrevista coletiva dada nesta quarta-feira (14), a delegada titular da Delegacia de Homicídios e Proteção a Mulher, Rafaella Aguiar, falou sobre a captura de Anderson Christian de Oliveira.

“Ao final da tarde de ontem (13), nós logramos êxito em prendê-lo em um motel situado no Centro de Vitória. No momento da prisão, ele não ofereceu nenhum tipo de resistência. Entretanto, os policiais da DHPM o perguntaram se ele tinha ciência do porquê estava sendo preso, e ele foi irônico, perguntando: 'é homicídio?'. Aí conduzimos ele para o DHPM para fazer toda a documentação de praxe e transferimos ele para o Centro de Triagem de Viana, onde permanece à disposição da Justiça”, disse.

Ainda segundo a delegada, o homem confessou o crime e disse que matou a ex-namorada por ciúmes, ao vê-la em uma festa e perto de um outro rapaz.

“Em conversa informal, ele confessou a prática do crime e disse que fez por causa de ciúmes. Eles tinham terminado e acabou que ele avistou a vítima nessa festa que estava acontecendo em um sítio, com um rapaz perto. Ele se encheu de ciúmes e acabou desferindo três tiros fatais na cabeça dela”, contou a delegada.

O delegado José Lopes, chefe da Polícia Especializada da PC, falou sobre o trabalho em conjunto realizado pelas equipes de Minas Gerais e do Espírito Santo. “A polícia de Minas Gerais, que é uma parceira nossa, pediu apoio ao DHPP e à DHPM. Prontamente os policiais foram até o elemento que estaria escondido em Vitória. Em um trabalho muito difícil de inteligência e de campo, conseguiram prender esse elemento”, disse.

Natália Epifânia de Oliveira, 23 anos, foi morta a tiros em festa de aniversário
Natália Epifânia de Oliveira, 23 anos, foi morta a tiros em Minas. Crédito: Reprodução/Facebook

O nome do acusado já havia sido incluído na lista vermelha da Interpol, para caso ele saísse do Brasil, pudesse ser detido por autoridades de segurança em qualquer outro país.

A polícia disse que ele passou por vários outros municípios até chegar aqui, sempre se escondendo das autoridades, mas já sabendo que queria vir para o Espírito Santo.

Ele continua preso no Centro de Triagem de Viana, de acordo com a Secretaria de Estado da Justiça, que informou ainda não ter recebido nenhum pedido de recambiamento do mesmo.

O CRIME

Anderson Christian de Oliveira é apontado como o autor do assassinato de Natalia Epifania de Oliveira com três tiros na cabeça durante uma festa na madrugada do último domingo (11). O crime aconteceu no município de São Pedro do Suaçuí, que fica no leste de Minas Gerais, na região do Vale do Rio Doce.

Natalia estava em uma festa quando foi baleada três vezes na cabeça. Após o crime, Anderson fugiu. Na segunda-feira (12), ele foi exonerado da Prefeitura de São José do Jacuri, também em Minas Gerais, onde ocupava o cargo de secretário de Esportes da cidade.

Com informações de Aurélio de Freitas, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.