ASSINE

Agricultor é morto a caminho do trabalho em Afonso Cláudio

Segundo informações da Polícia Militar, vítima seguia para o trabalho de moto, com o irmão, quando foi alvo dos atiradores que também estavam de moto

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 20/04/2022 às 10h06
Vítima seguia para o trabalho de moto, com o irmão, quando foi alvo dos atiradores
Vítima seguia para o trabalho de moto, com o irmão, quando foi alvo dos atiradores. Crédito: Leitor| A Gazeta

Um agricultor foi morto a tiros na manhã de terça-feira (19) na localidade de São Vicente, em Afonso Cláudio, na Região Serrana do Espírito Santo. Segundo informações da Polícia Militar, ele seguia para o trabalho de moto, com o irmão, quando foi alvo dos atiradores. Até o momento, nenhum suspeito foi preso pelo crime.

Os militares contaram que quando chegaram ao local já encontraram a vítima caída no chão baleada e, ao seu lado, estava uma motocicleta. Uma testemunha relatou aos policiais que o agricultor estava com um irmão no momento dos disparos, porém o familiar teria ido para a casa da sua filha, nas proximidades.

A polícia foi até o endereço para realizar contato com o irmão da vítima. Ao chegar na residência, ele disse que estava indo trabalhar na localidade de São Domingos, na panha de café, com seu irmão, que estava pilotando a motocicleta.

Durante o deslocamento, foram surpreendidos por uma moto com dois ocupantes. No momento em que as motocicletas estavam em movimento, o garupa da moto emparelhou com a vítima e atirou. Os irmãos caíram da motocicleta e os suspeitos ordenaram que ele corresse, sem olhar para trás. Enquanto corria, os suspeitos atiraram contra a vítima. Em seguida, fugiram.

A PM não localizou os suspeitos e acionou a Polícia Civil. A corporação disse que o caso seguirá sob investigação da Delegacia de Polícia de Afonso Cláudio e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. Informou ainda que detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares. Denúncias que ajudem a investigação podem ser feitas pelo Disque Denuncia 181 e não é preciso se identificar. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.