ASSINE

Advogada e namorado são detidos após briga com morte de ex no ES

Eles foram presos na manhã desta segunda-feira (14), após uma briga que resultou na morte do ex-namorado da mulher em Sooretama. A investigação da Polícia Civil aponta que a mulher atraiu a vítima para o local do crime

Rede Gazeta
Publicado em 14/06/2021 às 11h33
Atualizado em 14/06/2021 às 13h28
Advogada foi presa suspeita de tramar morte do ex-namorado no ES
Advogada foi presa suspeita de tramar morte do ex-namorado no ES. Crédito: TV Gazeta Norte / Reprodução

A advogada Sara Frinhani Rocha e o atual namorado, identificado como Paulo Henrique Lourete, foram presos na manhã desta segunda-feira (14) em Linhares, no Norte do Espírito Santo, após uma briga que resultou na morte do ex-namorado da mulher. Segundo o delegado Fabrício Lucindo, o homicídio teria ocorrido após uma discussão entre os dois homens em Córrego Alegre, Sooretama. A investigação da Polícia Civil aponta que a mulher atraiu a vítima para o local do crime. 

Alexandre Heite Nascimento, de 38 anos, morreu com seis facadas e era ex-namorado da advogada. O chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, disse que os dois homens brigaram na rua e que um teria dado facadas no outro.

A Polícia Civil informou que a advogada e o namorado, que está no hospital, foram autuados em flagrante pelo crime de homicídio. Eles serão encaminhados ao Sistema Prisional.

O CRIME 

Polícia Militar afirmou que no início da manhã desta segunda o homem foi encontrado morto, vítima dos golpes de arma branca, na localidade de Córrego Alegre, em Sooretama. No local foi constatado que o outro homem também havia sido esfaqueado. Ele foi socorrido e levado ao hospital, onde segue internado sob escolta. Ainda segundo a PM, a advogada foi detida no loca e encaminhada à 16ª Delegacia Regional de Linhares.

ADVOGADA NEGOU PARTICIPAÇÃO 

Segundo o delegado Fabrício Lucindo, a advogada prestou depoimento na tarde desta segunda-feira (14) e negou participação do crime. "Ela contou que ouviu a confusão e foi para o local para tentar apartar, e presenciou a vítima morta e o atual namorado ferido, então o levou para o atendimento", relatou. 

polícia
Em depoimento na Delegacia Regional de Linhares, a advogada negou participação no crime . Crédito: Eduardo Dias

Ainda segundo o delegado, mesmo com a negativa da advogada, a polícia possui elementos que mostram que ela atraiu a vítima até o município, provocando o desentendimento entre os dois homens. 

Fabrício Lucindo

Delegado 

"Ela comprovadamente atraiu a vítima e o atual namorado dela executou a vítima com várias facadas"

O QUE DIZ A OAB-ES

A reportagem de A Gazeta procurou a Ordem dos Advogados do Brasil no Espírito Santo(OAB-ES). Por meio de nota, "a OAB-ES informa que está acompanhando o caso para tomar as providências cabíveis, observando o Código de Ética, Disciplina e as prerrogativas da advocacia".

Advogada foi presa suspeita de participação em assassinato de ex-namorado
Advogada foi presa suspeita de participação em assassinato de ex-namorado. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

VÍTIMA E ADVOGADA TÊM OCORRÊNCIAS NA POLÍCIA

Em conversa com a reportagem da TV Gazeta Norte, o delegado Fabrício Lucindo disse que a vítima e a advogada têm diversas ocorrências na polícia relacionadas à Lei Maria da Penha, agressão e ameaças. "A gente está enfrentando esse problema desde o ano passado e hoje aconteceu esse crime", afirmou.

TENTOU OCULTAR A ARMA DO CRIME

De acordo com o delegado, a advogada foi presa porque, comprovadamente, atraiu Alexandre, o ameaçou e tentou ocultar a faca usada no cometimento do crime.

Ainda segundo Lucindo, diversas provas estão sendo coletadas, incluindo áudios que a advogada teria encaminhado para a vítima, o ameaçando. "Tudo será juntado ao inquérito policial, salvo em CD e encaminhado à Justiça como prova do envolvimento dela no crime", afirmou.

A mulher está presa em Linhares e deve ser encaminhada a um presídio de Cariacica, na Grande Vitória, ainda na tarde desta segunda-feira (14). O atual namorado dela passou por uma cirurgia e vai prestar depoimento quando sair do hospital. Depois, ele também será levado para o presídio.  

*Com informações de Caio Dias e  Eduardo Dias, da TV Gazeta Norte

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Polícia Civil linhares ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.