ASSINE

Adolescente suspeita de envolvimento na morte do próprio tio é detida no ES

Os policiais identificaram outros dois suspeitos de envolvimento no assassinato, um de 18 anos e o outro de 30. Eles estão com mandado de prisão em aberto

Rede Gazeta
Publicado em 16/04/2021 às 12h57
Cidade de São Gabriel da Palha
Cidade de São Gabriel da Palha. Crédito: Reprodução/Prefeitura de São Gabriel da Palha

Uma adolescente de 13 anos foi apreendida na última terça-feira (13) após a Polícia Civil identificá-la como suspeita de ter envolvimento na morte do próprio tio. O homicídio ocorreu no último sábado (10) na localidade de Córrego Sete, em São Gabriel da Palha, Noroeste do Espírito Santo. Os policiais identificaram outros dois  suspeitos de envolvimento no assassinato, um rapaz de 18 anos e um homem de 30 anos. Eles estão com mandado de prisão em aberto.

As investigações foram iniciadas  logo após o homicídio ocorrido no último sábado (10). Vagner Barbieri Barbosa, de 34 anos, foi morto na porta de casa, com três tiros na cabeça, por dois homens que chegaram em uma moto. O crime ocorreu na presença da esposa e dos filhos da vítima.

De acordo com o delegado de São Gabriel da Palha, Rafael Caliman, após levantamentos junto à família, constataram que uma sobrinha da vítima, de 13 anos, poderia estar envolvida no planejamento do crime. "Ela veio à delegacia, foi confrontada com as provas que já tínhamos e acabou confessando que um dos executores era seu namorado e que eles tinham planejado o crime juntos", afirmou Rafael.

Logo após prestar esclarecimentos, a adolescente foi apreendida, e o Ministério Público Estadual (MPES) se manifestou em favor da internação da menor. Com as informações coletadas, foi possível identificar os outros dois suspeitos e representar pelas prisões temporárias, que foram decretadas pela Justiça.

Ainda na terça-feira (13), uma operação foi realizada para prender os indivíduos suspeitos, mas eles não foram localizados. Em um dos endereços, os policiais apreenderam drogas, material de embalo, balança de precisão e anotações do tráfico.

ADOLESCENTE PRETENDIA FUGIR COM O NAMORADO

De acordo com o delegado, segundo os levantamentos, a adolescente pretendia fugir com o namorado após a morte do tio: "A motivação para esse crime brutal seria o fato de que o tio tentava manter o controle sobre as companhias com quem a sobrinha andava, inclusive monitorando as conversas dela pelo celular", disse Rafael.

O inquérito policial segue em andamento e os suspeitos são considerados foragidos.

*Com informações da Polícia Civil.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.