ASSINE

Linhares vai reforçar segurança durante o saque do auxílio de R$ 600

A preocupação é com a aglomeração de pessoas durante o saque do benefício e também com a atuação de golpistas no entorno das agências bancárias

Publicado em 07/04/2020 às 17h50
Atualizado em 07/04/2020 às 17h51
Agência da Caixa no Centro de Linhares fechada para limpeza
Agência da Caixa Econômica Federal no Centro de Linhares. Crédito: Reprodução/TV Gazeta Norte

O pagamento do auxílio de três parcelas de R$ 600 do Governo Federal começa nesta quinta-feira (9), segundo o Ministério da Cidadania. Em Linhares, no Norte do Espírito Santo, a preocupação é com a aglomeração de pessoas durante o saque do benefício e com a atuação de golpistas no entorno das agências bancárias. Para evitar esse tipo de ação, a prefeitura decidiu reforçar a segurança nos locais de recebimento.

De acordo com a prefeitura, ficou determinado que a Guarda Civil Municipal vai reforçar o apoio e segurança dos beneficiários durante o período de saque do benefício, que deve ser realizado em agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. A intenção é diminuir a aglomeração de pessoas nos locais, evitando assim a propagação do novo coronavírus

CRIMINOSOS TAMBÉM ESTÃO NA MIRA

Além de evitar aglomeração, os agentes da Guarda Municipal também vão atuar para coibir a ação de criminosos durante a realização dos saques.

“Nossa Guarda vai reforçar a segurança. O objetivo é evitar assaltos. Orientamos que a população não passe nenhuma informação pessoal referente ao benefício por telefone, pois pode ser golpe”, destacou o  secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Jones da Silva Mattos.

As medidas de segurança foram definidas em uma reunião entre representantes da prefeitura, Polícia Militar e gerentes das agências bancárias.

Coronavírus afeta a rotina dos capixabas

Efeito coronavírus. Ruas de acesso à Terceira Ponte estão vazias. Os registros foram feitos por volta das 17h, quando o trânsito em dias normais é congestionado.
A praça do pedágio da Terceira Ponte registra movimento mínimo às 17h, quando costuma ficar congestionada. Fernando Madeira
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Pelas cidades é possível encontrar várias pessoas usando máscaras de proteção. Vitor Jubini
Data: 13/03/2020 - ES - Vitória - Passageiros usam máscaras de proteção contra coronavírus no aeroporto de Vitória - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Passageiros usam máscaras de proteção contra coronavírus no aeroporto de Vitória. Ricardo Medeiros
Data: 18/03/2020 - ES - Vitória - Coronavírus - Movimentação de bares no Triângulo das Bermudas na Praia do Canto - Editoria: Cidades - Foto: Vitor Jubini - GZ
Bares e restaurantes da Praia do Canto, em Vitória, registram baixo movimento nos últimos dias. Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Mulher usa máscara de proteção respiratória em um ponto de ônibus de Vitória. Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus passageira usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Nos coletivos é possível encontrar várias pessoas usando máscaras de proteção. Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus pedestre usa máscara na avenida Américo Buaiz - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Homem de máscara atravessa rua em Vitória. Vitor Jubini
Rua Duckla de Aguiar, que dá acessoa à Terceira Ponte, com pouco movimento após efeito do coronavírus.
Rua Duckla de Aguiar, que dá acesso à Terceira Ponte, com pouco movimento. Fernando Madeira
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus passageiro usa máscara na avenida Américo Buaiz - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Homem usa máscara de proteção em ônibus de Vitória. Vitor Jubini
Data: 17/03/2020 - ES - Vitória - Após pandemia de coronavírus passageira usa máscara na avenida Reta da Penha - Editoria: Cidades - Foto: VItor Jubini - GZ
Homem usa máscara de proteção em ônibus de Vitória. Vitor Jubini
Após pandemia de Coronavírus o movimento fica abaixo do normal na Avenida Jerônimo Monteiro, Centro da Capital.
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres. Vitor Jubini
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres
Centro de Vitória com lojas fechadas e pouco movimento de pedestres

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.