ASSINE

Linhares vai realizar os próprios testes de coronavírus

A prefeitura pretende comprar 3 mil testes rápidos para a doença. Secretaria de Saúde aposta na agilidade dos exames para mapear casos

Publicado em 07/04/2020 às 21h26
Atualizado em 08/04/2020 às 10h14
Linhares vai realizar os próprios testes de coronavírus
Linhares vai realizar os próprios testes de coronavírus . Crédito: Prefeitura Municipal de Linhares

Com oito casos confirmados de Covid-19, até a noite desta terça-feira (7), o município de Linhares, no Norte do Espírito Santo, vai começar a fazer seus próprios testes nas pessoas suspeitas de ter contraído o novo coronavírus. A informação é do secretário municipal de saúde, Saulo Rodrigues Meirelles. Segundo ele, o Executivo pretende comprar 3 mil testes rápidos. O objetivo é não depender só do Laboratório Central do Estado (Lacen-ES) e ganhar agilidade no monitoramento de novos casos.

“Com o Lacen atendendo todos os municípios do Estado, e os casos aumentando, o resultado de um paciente pode demorar entre três e cinco dias. Com os exames realizados aqui no município, vamos ter o resultado em alguns minutos. Isso vai dar agilidade no nosso monitoramento e vai facilitar as nossas estratégias de contenção ao avanço da doença”, explicou Meirelles.

Os testes que serão feitos pela Prefeitura de Linhares são do modelo rápido. Eles ficam prontos em 30 minutos. Esse tipo de teste é diferente do realizado pelo Lacen-ES, que faz o chamado RT-PCR, que utiliza a biologia molecular. Nele, uma amostra é levada ao laboratório para uma busca minuciosa pelo material genético do novo coronavírus.

O secretário informou que as primeiras mil unidades do teste estão previstas para chegar ao município entre os dias 15 e 20 deste mês de abril. Posteriormente, outros 2 mil testes vão reforçar o estoque. Os exames serão realizados no Hospital Geral de Linhares (HGL) e na Unidade de Pronto-atendimento (UPA) do bairro Shell.

De acordo com Meirelles, apesar da nova metodologia de testagem em Linhares, os critérios dos pacientes que serão submetidos ao procedimento serão os mesmos: pessoas que apresentam sintomas característicos da doença.

Os testes também serão feitos em massa nos profissionais da saúde do município, já que eles estão mais expostos ao vírus, mesmo com todos os equipamentos de proteção.

CASOS CONFIRMADOS SERÃO CONTABILIZADOS PELA SESA

O secretário destacou que antes da prefeitura realizar a compra dos testes, ele fez contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que aprovou a medida.

Saulo afirmou também que o resultado de todos os testes feitos no município serão inseridos no sistema da Sesa. Quando os exames forem positivos serão contabilizados nos boletins epidemiológicos da entidade.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.