ASSINE

Isolada em apartamento, idosa faz 100 anos e ganha parabéns de vizinhos no ES

Para não deixar a data passar em branco, vizinhos organizaram uma serenata para a nova centenária, nesta terça-feira (31).

Publicado em 02/04/2020 às 07h30
Atualizado em 02/04/2020 às 12h29
Da janela, idosa e vizinhos acompanharam a serenata
Da janela, idosa e vizinhos acompanharam a serenata. Crédito: Reprodução/ TV Gazeta

Obedecendo ao isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus, a idosa Celi Silva Mello comemorou o aniversário de 100 anos na janela do apartamento onde mora, em Vila Velha, no Espírito Santo. Para não deixar a data passar em branco, vizinhos organizaram uma serenata para a nova centenária, nesta terça-feira (31). Veja o vídeo no final da matéria.

A vizinha Adriana Morelato conhece dona Celi há anos e já planejava uma comemoração para a data. Mas, por causa da quarentena, a idosa não pode sair de casa.

Adriana, então, convocou os vizinhos para fazer uma serenata. Tomando todos os cuidados necessários, o grupo se reuniu embaixo da janela da aniversariante, que adorou a surpresa.

Depois, Dona Celi fez um vídeo de agradecimento. “Quero agradecer à minha turma do prédio. Estou completando 100 anos de idade, graças a Deus, estou lúcida. Foi uma surpresa muito grande para mim, adorei”, disse.

DONA CELI TOMA ATÉ CERVEJINHA COM O VIZINHO

Amiga de todos no condomínio onde mora há cerca de 20 anos, Dona Celi é conhecida pelo alto astral. A vizinha, Adriana, conta que desde o ano passado ela já anunciava que completaria 100 anos em 2020. Muito ativa, ela adora conversar e tomar uma cervejinha.

Celi Silva Mello completou 100 anos no dia 01 de abril de 2020
Celi Silva Mello completou 100 anos no dia 01 de abril de 2020. Crédito: Adriana Morelato

"Até ano passado ela ia até para a praia. Mas depois que começou a mancar, o médico pediu que ela parasse de ficar andando por aí. Agora ela anda só no corredor, com andador. Com essa coisa de coronavírus, com medo, não tem saído de dentro do apartamento. Mas ela sempre vem aqui em casa, me mostra os panos de prato que ela borda, gosta de bater papo e de tomar uma cervejinha com o meu marido", contou Adriana.

Adriana Morelato

Vizinha

"Ela passou o ano passado todo me falando: 'ano que vem faço 100 anos'. Eu falei que a gente tinha que fazer uma festa, mas ela disse que não sabia se ia poder por conta do problema do quadril. Essa semana lembrei que era aniversário dela e que ela ia passar trancada no apartamento. No meio dessa confusão toda, eu quis dar um dia especial para ela"

"ALEGRIA DE VIVER", DIZ FILHA

Dona Celi mora com a filha, Suely, de 70 anos. As duas estão trancadas em casa por conta da pandemia de coronavírus. Apesar disso, Suely conta que a mãe tem uma enorme alegria de viver e de ter conseguido chegar até a marca de 100 anos com lucidez.

Suely

Filha da Dona Celi

"100 anos de muita luta, muita vitória, muita alegria. O que não falta nela é alegria. Adora um churrasco, uma cervejinha. Ela gosta muito de viver"

Mãe de dois filhos, avó e bisavó, o parabéns organizado pelos amigos do prédio também contou com a presença da família. A cantoria foi acompanhada de violão e até por um trombone, tocado por outro morador do prédio em isolamento. 

Com informações da TV Gazeta

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.