ASSINE

Estudante de Fisioterapia morre após motorista invadir contramão em Vila Velha

A universitária Ramona Bergamini Toledo estava parada com a moto em um semáforo, quando foi atingida violentamente por um Ford Ka, que cruzou a avenida

Publicado em 05/03/2020 às 08h45
Atualizado em 05/03/2020 às 14h10
Universitária morre em acidente em Vila Velha. Crédito: Internauta
Universitária morre em acidente em Vila Velha. Crédito: Internauta

Um grave acidente envolvendo quatro veículos - dois carros, um ônibus do Transcol e uma motocicleta - na Avenida Carlos Lindenberg, na altura do bairro Nossa Senhora da Penha, em Vila Velha, resultou na morte da universitária Ramona Bergamini Toledo, no fim da noite desta quarta-feira (04), segundo informações da Guarda de Trânsito do município.

De acordo com o boletim da Guarda de Trânsito, a vítima era estudante do curso de Fisioterapia da Universidade de Vila Velha (UVV) e conduzia a moto modelo Honda Biz. Ramona estava parada com a motocicleta em um semáforo do cruzamento próximo ao antigo Makro, quando o Ford KA, que seguia em direção ao Centro de Vila Velha, dirigido por Wilker Wailant cruzou a avenida, subiu no canteiro central, invadiu a contramão, atingindo em cheio a moto e também a estudante. Ramona morreu no local. Ela tinha nas costas uma mochila de entrega de comida por aplicativo.

A força do acidente foi tanta que o Ford KA ainda bateu em um Renaut Sandero, dirigido por Maria Aparecida Figueiredo. Com o impacto, o veículo acabou projetado e bateu em ônibus do Sistema Transcol. Os ocupantes do coletivo, assim como o motorista Alexandro Carvalho de Souza, não se feriram. Já a condutora do Sandero foi socorrida pelo Samu com ferimentos leves e encaminhada para um hospital.

Estudante de Fisioterapia morre ao ser atingida por carro na Carlos Lindenberg

O Ford KA ficou completamente destruído após causar o acidente em Vila Velha
O Ford KA ficou completamente destruído após causar o acidente em Vila Velha. Internauta
A vítima era universitária e usava a moto para o trabalho de entregadora de comida por delivery
A vítima era universitária e usava a moto para o trabalho de entregadora de comida por delivery. Internauta
A batida envolveu quatro veículos, entre eles um ônibus do Transcol
A batida envolveu quatro veículos, entre eles um ônibus do Transcol. Internauta
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana. Internauta
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana
O Ford KA invadiu a pista contrária e atingiu em cheio a moto pilotada por Romana

Nas redes sociais, o perfil de Ramona compartilhou a informação da morte dela no acidente. Amigos comentaram que ela estava trabalhando quando acabou atingida pelo Ford KA e lamentaram a perda repentina da universitária.

Na manhã desta quinta-feira (05), destroços da motocicleta estavam espalhados pela pista e os dois veículos envolvidos permaneciam às margens da Carlos Lindenberg, um em cada sentido. 

Acidente com morte na Avenida Carlos Lindenberg. Crédito: Reprodução/TV Gazeta
Acidente com morte na Avenida Carlos Lindenberg. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Apesar dos muitos destroços e dos carros à beira da pista, o trânsito fluía normalmente nesta quinta-feira.

O motorista que conduzia o Ford KA também se feriu após provocar o grave acidente e foi socorrido e internado no Hospital Vila Velha, para onde também foi encaminhada a motorista do Sandero. O estado de saúde dos condutores é desconhecido.  

JOVEM FARIA 20 ANOS ESTE MÊS

Ramona completaria 20 anos esse mês. Considerada pela família como uma "menina trabalhadora", a jovem atuava como entregadora de lanches via aplicativo porque gostava de ser independente e ter o próprio dinheiro.

RECUSA AO BAFÔMETRO

Em nota, a Polícia Militar informou que o motorista do Ford KA se recusou a realizar o teste do bafômetro no local do acidente. Já a Polícia Civil comunicou que a ocorrência ainda está em andamento pelo delegado plantonista de Vila Velha. 

O corpo de Romana foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado pelos familiares e também ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte. 

PRISÃO

Por volta das 11 horas desta quinta-feira, a Polícia Civil informou que o motorista que provocou o acidente e a morte da universitária foi autuado por embriaguez ao volante e será levado ao presídio assim que tiver condições clínicas para deixar o hospital onde está internado. 

"QUERO QUE ELE FIQUE PRESO"

A irmã de Ramona, Pamela Cerqueira Rocha, contou que a jovem estava muito feliz e tinha acabado de começa a faculdade de fisioterapia. No próximo sábado (7), ela participaria da  "cerimônia do jaleco", quando a faculdade entrega a roupa como forma de marcar o início do curso. A família quer justiça: "Quero que ele fique preso", afirmou a irmã.

UVV SE SOLIDARIZA COM A FAMÍLIA

Por nota, a UVV, onde a Ramona estudava,  prestou solidariedade à família e confirmou que a jovem estava no primeiro período do curso de Fisioterapia. "Neste momento de pesar, a UVV se sensibiliza com as famílias, amigos, professores e colegas de curso da jovem, a quem presta condolências e sinceros sentimentos", diz a nota.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vila Velha Vila Velha Avenida carlos lindenberg guarda municipal

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.