ASSINE

Coronavírus: Vila Velha vai distribuir merenda para 20 mil alunos

Cada aluno será comunicado pelo diretor da escola em que estuda, segundo a administração municipal. Serão atendidos estudantes de famílias de baixa renda

Publicado em 30/03/2020 às 08h15
Atualizado em 30/03/2020 às 11h09
Data: 22/01/2020 - ES - Vila Velha - Prefeitura Municipal de Vila Velha  Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Prefeitura Municipal de Vila Velha . Crédito: Ricardo Medeiros

Prefeitura de Vila Velha anunciou que vai distribuir merenda para 20 mil alunos de baixa renda. Em consequência da pandemia do novo coronavírus, as escolas estão fechadas no município.

A prefeitura informa que está adquirindo kits de merenda escolar para atender aproximadamente 20 mil alunos. Cada aluno será comunicado pelo diretor da escola em que estuda, segundo a administração municipal. Serão atendidos estudantes de famílias de baixa renda, matriculados na Rede Municipal de Ensino. São alunos de escolas localizadas em áreas de grande vulnerabilidade social ou cujas famílias estão inscritas no Programa Bolsa Família, do governo federal, por meio do Cadastro Único (CadÚnico).

A ação terá como base o decreto nº 042/2020, publicado no Diário Oficial do Município no dia 17 de março, que declara Situação de Emergência de Saúde Pública em Vila Velha, por causa da pandemia do novo coronavírus. Os recursos são provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), gerenciado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O plano tem o objetivo de garantir aos alunos que dependem da merenda escolar, como fonte de alimentação importante, não fiquem desassistidos durante o período de isolamento social recomendado pelo Ministério da Saúde.

QUANTIDADE DE ALIMENTOS

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informa que o kit terá uma quantidade suficiente para alimentar os alunos por um mês. Caso o isolamento social seja recomendado pelas autoridades de Saúde por mais tempo, já há um plano para a distribuição de mais alimentos aos estudantes contemplados.

A Semed informa que os pais, responsáveis e alunos da Educação de Jovens e Adultos (maiores de 18 anos) serão comunicados pelos respectivos diretores das Unidades de Educação Infantil e Ensino Fundamental sobre a distribuição dos kits, que será feita de forma ordenada, para evitar aglomerações, conforme recomendações das autoridades de Saúde.

A Semed ressalta que esse processo não tem vinculação com o trabalho feito pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Os diretores escolares possuem os registros dos alunos cujas famílias estão inscritas no CadÚnico. A Semed definirá a programação de distribuição dos kits, que será informada a cada família/aluno por meio da direção de cada unidade escolar, conforme exposto anteriormente.

CONTATO

Os pais, responsáveis e alunos (maiores de 18 anos) deverão aguardar o contato da direção da respectiva unidade para saber em qual dia e horário devem comparecer à escola ou creche municipal para adquirir o kit.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.