ASSINE
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Crédito: Carlos Alberto Silva

Made in ES: empresas terão selo que atesta qualidade e origem capixaba

Desenho poderá ser utilizada por negócios de todos os portes e segmentos que atendam a certos parâmetros. Iniciativa foi lançada pela Rede Gazeta na tarde desta quinta-feira (16); saiba mais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 16/09/2021 às 19h03

As empresas que operam no Espírito Santo poderão em breve utilizar o selo Made In ES, que atesta a qualidade e a origem capixaba de seus produtos e serviços. A estampa poderá ser usada por negócios de todos os portes e segmentos, desde que atendam a certos parâmetros.

O selo faz parte do projeto de mesmo nome lançado pela Rede Gazeta na tarde desta quinta-feira (16), durante evento realizado no Palácio Anchieta. A iniciativa, que conta com apoio do governo do Estado, do Banestes, e de diversas entidades empresariais, visa criar um movimento de valorização das empresas situadas no Espírito Santo.

Os critérios para concessão do selo ainda estão sendo discutidos por um grupo estratégico, criado especificamente para regulamentar a questão, conforme explicou o secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo, Tyago Hoffmann, representante do comitê.

“Não podemos fazer com que esse selo seja apenas algo que a empresa solicita e a gente entrega, porque no momento que a gente faz isso, nós podemos estar entregando o selo para uma empresa capixaba que não tem qualidade, que não está com a sua vida organizada e isso pode fazer com que o selo tenha problemas no futuro. Assim, aceitamos a parceria da Rede Gazeta, para que nós possamos juntos desenvolver um regulamento e desenvolver um comitê que vai fazer uma avaliação das empresas quando solicitarem.”

Tyago Hoffmann

Ssecretário da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo

"Nós queremos que as empresas capixabas tenham o selo, mas que as boas empresas tenham o selo. Que ele seja também um estímulo à melhoria da qualidade daquilo que a gente faz aqui no Espírito Santo, que o selo seja um indutor do desenvolvimento das empresas no Estado"

Made in ES é lançado

Made in ES
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Café Lindenberg durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Márcio Chagas e Tati Braga durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
O governador Renato Casagrande durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
O governador Renato Casagrande durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
O governador Renato Casagrande durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Tyago Hoffmann durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Amarildo Casagrande durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Léo Castro durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Tati Braga durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Márcio Chagas durante o lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Made in ES
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta. Carlos Alberto Silva
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.
Lançamento do do movimento Made In ES no Palácio Anchieta.

A expectativa é de que as companhias que vierem a utiliza-lo, como marca de orgulho do pertencimento à terra capixaba, continuem investindo em melhorar a qualidade de seus produtos e serviços, incentivando assim o consumo daquilo que é produzido localmente.

“Quando a gente consome produtos locais, a gente está fazendo com que a indústria local, que gera emprego, gera renda aqui no Espírito Santo, se fortaleça. É fundamental a gente se orgulhar daquilo que a gente faz aqui, e o Espírito Santo tem muito do que se orgulhar”, ressalta Hoffmann.

Além dessa certificação que poderá ser buscada pelos empreendimentos, serão produzidos conteúdos exclusivos, por meio dos quais os moradores do Estado, de outras regiões do Brasil e até de fora do país terão a oportunidade de conhecer o que é fabricado, desenvolvido e comercializado pelas empresas capixabas independente do seu porte ou segmento, e também poderão aprender mais sobre a importância desses negócios para o desenvolvimento da economia local.

Serão produzidos conteúdos para o site de A Gazeta, assim como nos demais veículos do grupo. Na TV Gazeta serão exibidos dois programas especiais, conforme explicou o diretor de negócios da Rede, Marcello Moraes.

“Teremos dois programas aos sábados (em 18 e 25 de setembro), logo depois do Jornal Hoje, com 15 minutos de duração cada um, tentando explorar o máximo possível os produtos desenvolvidos no nosso Estados. São produtos que têm tido uma repercussão muito grande, e que a gente vai ter a chance de promover e mostrar para os capixabas.”

Marcello Moraes

Diretor de negócios da Rede Gazeta

"É uma forma de a gente incentivar o consumo no Estado. A gente tem produtos maravilhosos, produtos às vezes até desconhecidos pelos capixabas, e essa é uma maneira de promovê-los e incentivar seu consumo, em um momento de saída de pandemia e de retomada, um momento muito propício para isso"

O governador Renato Casagrande destacou que o Estado tem uma economia diversa e que o projeto pode servir como uma vitrine para divulgar o que é produzido em terras capixabas e até mesmo atrair mais negócios, ao mostrar essas potencialidades.

“Pode servir como vitrine para a gente inclusive divulgar nossos produtos, atrair mais atividade econômica para cá, e ter mais pessoas interessadas em conhecer os produtos que às vezes são feitos artesanalmente, permitindo às empresas ampliar sua escala. Com a qualidade que a gente tem de diversos produtos, podemos atrair empreendedores que queiram aproveitar esse know-how, esse conhecimento que a gente tem na produção capixaba.”

A iniciativa também foi comemorada pelo presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, que reforçou que é uma estratégia acertada de valorização dos negócios do Espírito Santo.

“Essa é uma iniciativa importantíssima de valorização dos nossos produtos, das nossas empresas, e o Banestes fica muito honrado, afinal de contas é uma parceria com a Rede Gazeta, que já tem 93 anos, sendo que em mais de 84 anos estivemos presentes. Tem toda uma história. E é uma parceria que eu tenho certeza que vai trazer muitos frutos e vai ser importante para o Estado, para a gente valorizar a nossa marca capixaba."

A Gazeta integra o

Saiba mais
Banestes Espírito Santo Rede Gazeta Renato Casagrande empresas espírito santo Negócios Made in es

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.