ASSINE
Selo Made in ES: projeto visa valorizar a economia local
Selo Made in ES: projeto visa valorizar a economia local. Crédito: Rede Gazeta

A Gazeta lança Made in ES, projeto para valorizar a economia local

O programa, que será apresentado oficialmente nesta quinta-feira (16) em evento realizado no Palácio Anchieta, vai certificar empresas capixabas, e contará ainda com conteúdos exclusivos sobre os negócios que movem a economia do Estado

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 15/09/2021 às 19h12

Comparativamente pequeno em relação a outros territórios brasileiros, o Espírito Santo não perde nada em termos de diversidade econômica. O Estado é lar de grandes empreendimentos, com alcance muitas vezes global, mas também tem sua economia movimentada por negócios de micro, pequeno e médio porte, que contribuem fortemente para a geração de empregos e renda.

É de olho nessa pluralidade que a Rede Gazeta lança, nesta quinta-feira (16), o projeto Made in ES. A iniciativa, que será apresentada oficialmente em evento realizado no Palácio Anchieta, visa criar um movimento de valorização das empresas situadas no Espírito Santo.

Por meio de conteúdos exclusivos, os moradores do Estado, de outras regiões do Brasil e até de fora do país terão a oportunidade de conhecer o que é fabricado, desenvolvido e comercializado pelas empresas capixabas independente do seu porte, e também poderão aprender mais sobre a importância desses negócios para o desenvolvimento da economia local.

Além dos conteúdos especiais, será lançado o selo Made in ES, que poderá ser utilizado pelas marcas a fim de evidenciar de onde vem sua produção, e também como forma de incentivar o consumo do que é produzido no Espírito Santo.

Café Lindenberg

Diretor-geral da Rede Gazeta

"A Rede Gazeta é uma empresa que há 93 anos foca seus esforços na promoção do Espírito Santo, produzindo e distribuindo informação que ajude o capixaba a ser mais crítico, bem informado e capaz de se desenvolver. O movimento Made in ES reforça essa nossa vocação, pois materializa um selo de 'capixabismo', ajudando a valorizar ainda mais as nossas empresas, nossos produtos, e tudo aquilo que nos orgulha de ser capixabas "

O diretor de Mercado da Rede Gazeta, Márcio Chagas, pontua que o projeto surgiu a partir de uma demanda da própria sociedade, que há muito tempo pedia por uma forma de dar destaque ao que é produzido localmente.

“É um projeto que vem ao encontro do propósito da Rede Gazeta, que é contribuir para o desenvolvimento do Espírito Santo e montamos um selo que as empresas poderão usar, e que vem enaltecer a qualidade do que é produzido aqui no Estado. Há toda uma campanha de valorização do orgulho capixaba, da força da produção local, que tem qualidade e que realmente se preocupa em entregar produtos com valor agregado.”

O gerente de Projetos e Eventos da Rede, Bruno Araújo, frisa que a ação abrange negócios independente do seu porte ou segmento de atuação, e reforça que o Made in ES “veio para ficar”, já contando com a adesão de várias empresas e entidades representantes dos mais diversos setores.

“O público terá a oportunidade de conhecer mais e entender a importância dessas empresas para a economia. E, de certa forma, a gente também acaba incentivando o consumo desses produtos por meio do selo. É uma combinação de propostas que busca ajudar a potencializar a economia local, principalmente nesse momento de retomada.”

Conforme explicou a editora do projeto, Mikaella Campos, a proposta é traçar um raio-X das atividades econômicas mostrando a qualidade e a essência empreendedora e inovadora dos negócios capixabas.

“Na parte editorial, vamos preparar ao longo do ano uma série de conteúdos multiplataforma para que nossos leitores, ouvintes, seguidores e telespectadores possam ter a experiência de entender melhor o processo das atividades econômicas que movimentam nossa economia. O projeto é uma forma não apenas de valorização dessa cultura empreendedora, mas também uma vitrine para que o resto do país e mesmo o mundo conheça o que o Espírito Santo tem de potencialidades.”

O secretário da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo, Tyago Hoffmann, explica que o governo do Estado é um dos parceiros da iniciativa e está auxiliando no desenvolvimento da regulamentação do selo.

"Estamos em um diálogo com a Rede Gazeta, e, além de dar o apoio, ajudaremos a regulamentar as normas para acesso ao selo, tanto pelas empresas que são genuinamente capixabas, quanto por aquelas que se instalaram no Estado e criam emprego e renda aqui. Haverá um site onde as empresas poderão se cadastrar, e aquelas que preencherem os requisitos poderão ter o selo."

Tyago Hoffmann

Secretário da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo

"É uma iniciativa fundamental para o desenvolvimento do Estado, pois toda vez que consumimos de uma empresa que está instalada aqui, isso dá meios para que ela  crie empregos, renda, gere tributação. E temos, praticamente em todas as áreas, empresas de qualidade fornecendo produtos e serviços"

"ESTADO ESTÁ REPLETO DE EMPRESAS DAS QUAIS PODEMOS NOS ORGULHAR"

Conforme destacou o presidente do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado do Espírito Santo (Sindiex), Sidemar Acosta, o Estado está repleto de empresas das quais pode se orgulhar, e é preciso valorizar esses pontos cada vez mais.

"Iniciativas como o Made in ES, que contribuem para o desenvolvimento e para o aumento da competitividade das empresas capixabas, são sempre de grande valia e devem ser aplaudidas por todos os empresários e entidades representativas do Estado. O Espírito Santo é um estado cheio de qualidades, com grande vocação econômica, posição logística estratégica e repleto de empresas das quais podemos nos orgulhar, e precisamos valorizar todos esses pontos cada vez mais. Parabenizamos a Rede Gazeta pela iniciativa."

A presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samorini, pontua que iniciativas de valorização do que é produzido em terra capixaba são o caminho para estimular o desenvolvimento local.

"Ao apresentarmos as nossas riquezas, as nossas indústrias, os nossos produtos, estamos reforçando as nossas potencialidades. Projetos como o Made in ES contribuem para fortalecer a indústria e a economia capixaba, além de colocar o ES na vitrine do Brasil e do mundo."

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.