ASSINE

Indústrias do ES fazem manifesto pedindo reformas no Brasil

Entre os pleitos feitos pela Findes estão o novo marco legal de ferrovias, a autonomia do Banco Central e a nova lei do gás

Publicado em 23/06/2020 às 18h41
Topo do prédio da Findes em Vitória: reestruturação diante da crise
Findes tem pedido mudanças essenciais no país para a retomada da economia. Crédito: Fernando Madeira

As indústrias do Espírito Santo lançaram um manifesto pedindo reformas no Brasil. Ao todo, são estabelecidos 14 tópicos tidos como urgentes nessa pauta. Entre eles o novo marco legal de ferrovias (PLS 261/2018), a autonomia do Banco Central (PLP 200/1989) e a nova lei do gás (PL 6407/2013). 

O manifesto foi lançado na tarde desta terça-feira (23) pela Federação das Indústrias o Espírito Santo (Findes). De acordo com o texto, "é hora de unir o país em torno do que realmente importa: gerar esperança e oportunidades para uma sociedade já exaurida."

Findes: Um grito pelas reformas - Manifesto em defesa do Brasil

O texto ainda enfatiza que a pandemia do coronavírus deve ser controlada com protocolos sanitários, mudança de comportamento da sociedade e o incansável trabalho dos profissionais de saúde. "Cientistas do mundo inteiro correm para desenvolver vacinas. A pandemia vai passar. Mas, quando ela passar, o que restará para a sobrevivência de milhões de trabalhadores desta e de futuras gerações? O Brasil não tem mais tempo a perder", diz o manifesto.

Cristhine Samorini, próxima presidente da Findes, afirma que essa será uma agenda muito forte dentro da federação. "Entendemos que temos papel relevante justamente para propor e cobrar que todos entendam que sem todas essas alterações e reformas não tem mais o que o setor produtivo fazer", aponta.

PAUTAS QUE AS INDÚSTRIAS TEM COMO URGENTES PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO

  1. Nova lei do gás (PL 6407/2013); 
  2. Autonomia do Banco Central (PLP 200/1989);
  3. Governo digital (PL 3443/2019);
  4. Novo Marco Legal de Ferrovias (PLS 261/2018); 
  5. Marco Legal do Saneamento Básico (PL 3261/2019);
  6. PEC Emergencial (PEC 186/2019); 
  7. Reforma tributária (PEC 110/2019 SF e PEC 45/2019 CD);
  8. Reforma administrativa (em discussão, a ser enviada ao Congresso); 
  9. Reforma do setor elétrico (PLS 232/2016);
  10. Lei Geral do Licenciamento Ambiental (PL 3729/2004 e PLS 168/2018);
  11. Contrato de Trabalho Verde e Amarelo (MPV 905 do Poder Executivo); 
  12. Pacto Federativo (PEC 188/2019); 
  13. Desestatização da Eletrobras (PL 5877/2019); 
  14. Execução do Programa Nacional de Desestatização, atualmente com 17 empresas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.