ASSINE

Caixa abre poupança digital até para quem tem conta em outro banco

Objetivo é reduzir filas, mas medida pode acabar confundindo os beneficiários que já haviam recebido a primeira parcela em outra instituição bancária

Publicado em 20/05/2020 às 18h16
Atualizado em 20/05/2020 às 18h19
Data: 11/05/2020 - ES - Vila Velha - Fila para entrar na Caixa da Glória, em Vila Velha - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Fila para entrar na agência da Caixa na Glória, em Vila Velha. Crédito: Ricardo Medeiros

Caixa modificou, parcialmente, a forma de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para quem recebe a segunda parcela do benefício. Durante o pagamento da primeira parcela, a pessoa poderia escolher uma conta já existente em outra instituição bancária, agora o valor está sendo depositado, obrigatoriamente, nas contas digitais da Caixa.

Segundo o banco, a prioridade é manter o atendimento digital – com o pagamento de contas e boletos por meio do aplicativo Caixa Tem. Porém, o depósito direto em contas de outros bancos facilitava o acesso aos beneficiários – que poderiam já estar habituados aos procedimentos dos bancos dos quais são clientes.

A portaria que determina o pagamento da segunda parcela também não permite a transferência dos valores para outras instituições bancárias. De acordo com a Portaria número 386, publicada na quinta-feira (14), “os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual”.

A medida também pode fazer com que aumentem as filas para a retirada do dinheiro, já que muitos beneficiários podem ter dificuldades em acessar o Caixa Tem e fazer as transações. A Caixa foi questionada sobre o motivo da mudança na forma de pagamento e respondeu apenas que a prioridade é evitar filas e aglomerações.

“A prioridade da Caixa e Ministério da Cidadania é ampliar o atendimento digital. Dessa forma, reforça a orientação para que os recursos do auxílio sejam movimentados por meio do Caixa Tem a fim de evitar filas e aglomerações. A movimentação do recurso poderá ser feita pelo cartão de débito virtual e/ou pagamento de boletos bancários ou concessionárias. Se a pessoa preferir efetuar o saque em espécie ou realizar transferência bancária poderá aguardar a data indicada no calendário de acordo com seu mês de nascimento”, informou o banco por meio de nota.

“Para quem recebe o auxílio pela Poupança Social Digital, a Caixa irá efetuar o crédito antecipado nessa conta de acordo com o calendário escalonado pelo mês de nascimento. A partir de 30 de maio, também de acordo com o mês de nascimento, inicia o calendário para saque em espécie e a funcionalidade da transferência bancária no Caixa Tem. A partir deste calendário, também serão transferidos automaticamente os valores remanescentes não utilizados na conta Poupança Social Digital para a conta cadastrada pelo beneficiário, se for o caso de ter recebido a primeira parcela em conta bancária”, acrescentou a Caixa.

NOVA MUDANÇA PARA A TERCEIRA PARCELA

O pagamento da terceira parcela, que acontecerá em junho, pode apresentar nova mudança. Isso porque a Caixa prepara uma força-tarefa junto às maquininhas de cartão para que o pagamento seja feito também por meio delas – o que tende a diminuir as filas nas agências.

As conversas estão acontecendo com a Cielo, Rede, Elo e Getnet. O recurso não poderá ser sacado por meio das máquinas, mas os beneficiários poderão pagar as compras com o cartão de débito virtual. Em cada transação, um QR Code será gerado e o pagamento será feito.

Em uma das entrevistas recentes que deu, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, já havia dito que o pagamento da terceira parcela poderia contar com uma “novidade”, mas ele não deu mais detalhes sobre o assunto.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.