ASSINE

Cantora capixaba pede ajuda para localizar pai desaparecido no ES

Dois cães sem raça definida, que costumam acompanhar o pai da cantora, foram encontrados mortos no sítio onde João trabalha

Publicado em 07/01/2020 às 09h06
Atualizado em 07/01/2020 às 12h44
João Carrara, pai da cantora Rayanne Carrara, estava desaparecido. Crédito: Reprodução/ Facebook Rayanne Carrara
João Carrara, pai da cantora Rayanne Carrara, estava desaparecido. Crédito: Reprodução/ Facebook Rayanne Carrara

A cantora capixaba Rayanne Carrara pediu ajuda para localizar seu pai, que desapareceu em João Neiva, no Norte do Espírito Santo.  No final da manhã, segundo a filha, o pai, João Carrara, de 47 anos, foi encontrado morto em uma represa.

Dois cães sem raça definida, que costumam acompanhar o pai da cantora, também foram encontrados mortos no sítio onde João trabalha, com suspeita de envenenamento. 

 Em uma postagem em seu perfil no Facebook, Rayanne fez um apelo para que os moradores ajudassem a encontrá-lo.

"Se as pessoas de João Neiva e aqui do interior puderem ajudar a divulgar essa informação, fico muito grata. A quem ler essa mensagem e puder entrar em oração, nossa família agradece", escreveu Rayanne, que se apresentou no último Viradão Cultural, em Vitória.

A postagem já contava com mais de 800 compartilhamentos na rede social na manhã desta terça-feira (7). Em conversa com A Gazeta, a cantora contou que o pai saiu de casa no horário do almoço, na segunda-feira (6), e foi de carro ao sítio onde trabalha, no mesmo município, na região de Rio Hotel.

O veículo, a chave do carro e a botina de João estão no sítio, mas ele não tinha sido localizado durante as primeiras horas da manhã. Como João é epilético, uma das hipóteses levantadas pela família é de que ele possa ter passado mal. "Quando ele tem crise, costuma sair andando, mas não por horas. Assim que o dia amanheceu, umas 4h, meus tios voltaram a procurá-lo", relatou Rayanne.

A Gazeta integra o

Saiba mais
João Neiva desaparecidos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.