ASSINE

Vitória abre licitação para obra que prevê ciclovia e faixa de concreto na Cezar Hilal

Aviso de licitação está publicado no Diário Oficial municipal desta sexta-feira (11). Obra prevê ciclovia, pavimentação em concreto, nova drenagem e calçadas acessíveis – entre outras melhorias – no trecho de 1 km entre as avenidas Vitória e Desembargador Santos Neves

Publicado em 11/09/2020 às 13h24
Imagens aéreas da Avenida Cesar Hilal
Imagens aéreas da Avenida Cezar Hilal. Crédito: Luciney Araújo

A Prefeitura de Vitória publicou nesta sexta-feira (11), no Diário Oficial do município, licitação para a execução das obras de reabilitação da Avenida Cezar Hilal – uma das vias com grande fluxo da Capital do Espírito Santo. Seguindo os moldes da obra da Avenida  Vitória – que foi inaugurada na última terça-feira (8) – a Cezar Hilal receberá diversas melhorias, incluindo nova drenagem, melhorias na sinalização e a implantação de ciclovia.

Segundo o secretário municipal de Obras e Habitação, Weverton Moraes, o trecho da Avenida Cezar Hilal que vai passar pelas intervenções vai do início a Avenida Vitória até o limite da Desembargador Santos Neves – um trecho com cerca de 1 km de extensão.

Com relação ao custo total da obra, Moraes explica que deve ser um valor próximo a R$ 16 milhões, pois ainda pode apresentar descontos na faixa de verificação. O secretário afirma que o prazo de execução da obra é de seis meses após a ordem de serviço, sem dar previsão de início.

De acordo com a publicação no Diário Oficial de Vitória, a Cezar Hilal é uma via de tráfego intenso que liga a Avenida Vitória às avenidas Leitão da Silva e Nossa Senhora da Penha (Reta da Penha), e "o intenso uso das vias de pavimento flexível provoca patologias que necessitam de reabilitação em pontos críticos, que ao fazer a referida intervenção contribuirá para o aumento da segurança e integridade física de todos os usuários da via, seja na condição de motorista, pedestre ou ciclistas", diz o texto.

A contratação da empresa para executar a obra resultará na reabilitação da malha asfáltica, urbanização, nova drenagem, sinalização, ciclovia, pavimentação em concreto e calçadas acessíveis ao cidadão.

Dentre os serviços a serem executados, o secretário Municipal de Obras e Habitação, chama a atenção para a implementação de uma nova ciclovia que vai ligar a Avenida Vitória à Reta da Penha.

Para garantir a circulação de veículos e a movimentação do comércio, Moraes esclarece que a interdição será parcial, com horários alternados, assim como aconteceu durante a obra da Avenida Vitória. “Queremos os menores impactos possíveis para a sociedade”, diz.

O secretário municipal de Obras e Habitação também destaca que o objetivo é apresentar um trabalho que promova a mobilidade urbana local, com melhora estrutural e funcional do conjunto viário. “Estamos trabalhando para construir uma cidade com mais mobilidade urbana, garantido a segurança dos pedestres, ciclistas e motoristas”, conclui o secretário Weverton Moraes.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.