ASSINE

"Teremos 22 a 33 óbitos por dia", diz secretário de Saúde do ES

A previsão considerou que, nesta terça-feira (02), havia 529 pacientes internados em UTIs, somando a rede pública e a privada, e que, deste total, 60% estão em ventilação mecânica

Publicado em 03/06/2020 às 14h00
Atualizado em 03/06/2020 às 14h42
O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em entrevista à TV Gazeta nesta quinta-feira (28)
O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em entrevista à TV Gazeta nesta quinta-feira (28). Crédito: Reprodução / TV Gazeta

Secretário de Estado da Saúde do Governo do Espírito Santo, Nésio Fernandes, publicou na conta que possui no Twitter que, nos próximos dias, o número de óbitos pela Covid-19 deve ser de 22 a 33 por dia no Estado. A previsão levou em consideração que nesta terça-feira (02) havia 529 pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), somando os hospitais da rede pública e a privada, e que, deste total, 60% estão em ventilação mecânica. Destes, 65% a 70% devem evoluir a óbito, considerando o tempo de permanência em UTI que é de 7 a 9 dias, segundo ele. 

Em sequência de postagens, o secretário informou ainda que, em média, a cada 20 pacientes internados por dia em enfermaria, um evolui à ventilação mecânica. Neste sentido, frisou a importância do isolamento social: "Não vamos vencer a pandemia no leito de UTI. A pandemia será derrotada fora do hospital: no distanciamento social com medidas econômicas que sustentem o povo vulnerável e a economia".

Nesta terça-feira (02) o Espírito Santo registrou novo recorde de mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus, em um período de 24 horas. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foram confirmados 26 óbitos no período, chegando ao total de 664 pessoas que não resistiram à doença. O número de casos registrados pelo Painel Covid apontou 15.151 casos da doença.

Também nesta terça-feira (02) foi informada da situação crítica que se encontra a demanda por UTI nos hospitais públicos e privados em todo o Estado, o qual tem taxa de ocupação de 82,43% dos 575 disponíveis. Na Grande Vitória a situação é ainda mais alarmante, com percentual de 89,40% dos 415 espaços disponíveis em UTI.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 nesio fernandes Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.