ASSINE

Sem Vila do Papai Noel, Parque Moscoso só terá enfeites de Natal este ano

O espaço terá apenas enfeites de Natal para evitar aglomerações, seguindo as recomendações das entidades de saúde

Publicado em 01/12/2020 às 13h25
Atualizado em 01/12/2020 às 13h25
Natal no Parque Moscoso, em Vitória
Foto de arquivo mostra Vila do Papai Noel no Natal de 2019. Crédito: Fernando Madeira

Como mais uma consequência da pandemia de coronavírus, a Prefeitura de Vitória decidiu que o Parque Moscoso não terá a "Vila do Papai Noel" neste ano. O espaço terá apenas enfeites de Natal para evitar aglomerações, seguindo as recomendações das entidades de saúde.

A tradicional Vila do Papai Noel recebeu mais de 215 mil visitantes, entre moradores e turistas, entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020.

Nas edições anteriores, foram montados no espaço a casa do Papai Noel, roda gigante, trem interativo, balão iluminado, presépio, árvore de 14 metros, além de trenós, renas, presentes, bolas e enfeites gigantes.

Desta vez, a Prefeitura de Vitória informou que o Parque Moscoso terá adornos de Natal este ano sem a Vila de Papai Noel para evitar aglomerações. A Prefeitura garantiu que a decoração de Natal deste ano estará em todas as regiões da cidade, mas será modesta.

"O parque será enfeitado com iluminação para manter o brilho natalino do Centro Histórico. O objetivo é manter o espírito de Natal dos moradores, comerciantes e de quem passa ao redor do parque", ressaltou a administração municipal em nota enviada à reportagem.

Vitória está no risco moderado desde o dia 23 de novembro. O atual mapa de risco, que entrou em vigor nesta segunda-feira (30) traz 35 cidades capixabas no nível moderado, o que mostra uma piora nos indicadores do Estado: o crescimento no número de infectados pelo coronavírus pressiona o sistema de saúde, elevando a taxa de ocupação de leitos de UTI e, consequentemente, o risco.

No Espírito Santo, apenas em novembro, foram registradas mais 424 mortes por coronavírus— o que representa um crescimento de 36,7% em relação a outubro.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.