ASSINE

São Gabriel da Palha diz que vai suspender aumento da passagem de ônibus

Com reajuste, que começou a valer nesta segunda (6), a passagem subiu de R$ 2,25 para R$ 3,45. Segundo a prefeitura, suspensão do aumento por 15 dias será publicada nesta terça (7)

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 06/12/2021 às 15h51

A Prefeitura de São Gabriel da Palha informou que vai suspender por 15 dias o aumento da passagem dos ônibus circulares no município após reclamações dos moradores. O reajuste de 53% foi divulgado no Diário Oficial do município na sexta-feira (3) e, por determinação, começou a valer nesta segunda-feira (6): a tarifa passou de R$ 2,25 para R$ 3,45, um aumento de R$ 1,20. Segundo o prefeito Tiago Rocha, no período da suspensão, a administração municipal vai ouvir a população para chegar a um novo valor.

Viação Gabrielense, que faz o transporte intermunicipal de São Gabriel da Palha.
Transporte intermunicipal de São Gabriel da Palha teve reajuste na passagem. Prefeitura afirma que vai suspender aumento. Crédito: Viação Gabrielense | Reprodução

“Para chegar a um patamar diferente, vamos fazer uma audiência pública para ouvir a população, antes de aprovar um reajuste”, afirmou o prefeito, em entrevista ao repórter Alessandro Bacheti, da TV Gazeta Noroeste.

A prefeitura informou que o decreto que revoga o aumento por um prazo 15 dias deve ser publicado nesta terça-feira (7). Portanto, durante esta segunda-feira, os usuários de transporte coletivo no município estão pagando R$ 3,45 na passagem com valor reajustado.

Segundo a Prefeitura de São Gabriel da Palha, o reajuste foi necessário para que a empresa de transportes voltasse a cumprir os horários e linhas, que haviam sido reduzidos. A administração municipal disse que a empresa já estava há dois anos sem ajustar o valor da passagem — o último ajuste foi em 2019 —, por isso vinha cortando algumas linhas de circulação entre os bairros do município.

No final deste ano, a empresa fez uma solicitação de aumento. A prefeitura realizou um levantamento considerando a redução do número de passageiros em quase 50%, entre 2020 e 2021, o aumento do preço do combustível e o ajuste do salário dos funcionários. Após análise dos dados, foi proposto um realinhamento do valor da passagem em 53%.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.