Prefeitura de Vitória vai substituir iluminação em orla e avenidas

Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana, Alex Mariano, a necessidade surgiu em decorrência de furtos de cabos de cobre da rede de iluminação já existente

Vitória
Publicado em 26/01/2021 às 21h04
Atualizado em 26/01/2021 às 21h07
Vitória - ES - Prefeitura de Vitória reduz iluminação pública em alguns pontos da cidade, como as areias da Praia de Camburi, para evitar aglomerações.
Praia de Camburi, em Vitória: orla deve ganhar nova iluminação. Crédito: Vitor Jubini

O vandalismo e furtos de fios de cobre têm causado problemas na iluminação pública da Capital. Para refazer e substituir o que sobrou dos danos, a Secretaria de Transporte, Trânsito e Infraestrutura de Vitória (Setran) irá abrir licitação de contratação de empresa para essas obras e também para a manutenção da iluminação existe. O valor do contrato poderá chegar a R$ 6 milhões. 

No último dia 14, a Guarda Municipal já havia apreendido 400 quilos de cabos de cobre na carroceria de uma caminhonete. O material havia sido furtado embaixo da Ponte da Passagem, que liga a Avenida Fernando Ferrari à Avenida Reta da Penha.

Somente na orla da Praia de Camburi, a prefeitura estima um prejuízo de R$ 400 mil com furtos de fios que aconteceram entre os meses de novembro e dezembro. 

CONTRATO ATUAL

Segundo Mariano, o atual contrato da prefeitura com a empresa que presta serviço de infraestrutura para a iluminação pública, firmado em agosto de 2020, não contempla mais novas reestruturações como eletrodutos e  cabeamentos.  Estimado em R$ 2,4 milhões por ano, cerca de R$  1,8  milhão era usado para o acerto de lâmpadas e reatores, segundo o secretário. 

O novo contrato, ainda de acordo com o secretário, deve ser estimado em R$ 6 milhões por ano, mas a prefeitura espera fechar em um valor menor durante o processo de licitação. "Desse valor, R$ 3 milhões devem ser usados para recomposição de atuais áreas com problemas, implementação em escadarias e pontos de sombreamento. O restante será para melhorias da iluminação já existente", disse.

PONTOS SEM LUZ

O secretário disse ainda que duas equipes da Setran fizeram fiscalizações e levantaram 400  pontos que necessitam de reformulação, seja devido ao sombreamento ou mesmo por não ter nenhuma iluminação nos locais. 

No entanto, 60% das demandas e queixas sobre falta de iluminação chegaram por meio do 156, canal da prefeitura para que o morador da Capital possa solicitar serviços ou informar sobre problemas de infraestrutura da cidade.

"É um serviço de natureza contínua, o contrato anterior não contempla esses itens de serviço, como novas reestruturações. Tentamos fazer um contrato de aditivo com a atual empresa, de R$ 1,2 milhão, mas ela não aceitou. Vamos rescindir e fazer um novo edital para que uma empresa atenda as lâmpadas e também os novos eletrodutos, cabos, envelopamento e demais itens da obra", explicou Mariano.

Todo o processo de licitação deve se encerrar no final de março, sendo que em um mês a iluminação da orla de Camburi deverá estar pronta. O secretário disse ainda que espera que todos os pontos sejam concluídos em até seis meses.

Confira as vias que estão com problemas de iluminação por causa do furto de cabos e vandalismo:

  • Avenida Adalberto Simão Nader (margeada pelos bairros Mata da Praia e Bairro República);
  • Avenida Dante Michelini (margeia a orla de Camburi);
  • Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes (liga Maruípe à Monte Belo) ;
  • Avenida Saturnino de Brito, em toda extensão das praças, quadras de esporte e orla (Praia do Canto);
  • Avenida Américo Buaiz (Enseada do Suá);
  • Rua José Miranda Machado (Curva da Jurema);
  • Rua Marília de Rezende Scarton Coutinho (atrás do Shopping Vitória);
  • Pontos da orla da Enseada do Suá;
  • Pontos da Praça do Papa;
  • Avenida Nossa Senhora dos Navegantes (Reta da Penha);
  • Viaduto Caramuru (Centro de Vitória);
  • Escadaria Acyr Guimarães (Centro). 
Fonte: Prefeitura de Vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.