ASSINE

Papo de Colunista entrevista jornalista de Manaus que cobriu o colapso de perto

Editor do site acritica.com, Dante Graça está cobrindo a tragédia humanitária no Amazonas e trouxe um relato pessoal do que está testemunhando. A live foi transmitida no Facebook e no YouTube de A Gazeta e o podcast pode ser conferido nos streamings

Publicado em 20/01/2021 às 12h48
Atualizado em 20/01/2021 às 22h03
Papo de colunista: Amazonas
Papo de colunista: Amazonas. Crédito: Editoria de arte

Hospitais superlotados, uma rede de saúde em colapso, oxigênio em falta e pessoas literalmente morrendo por falta de ar. Ações descoordenadas, uma série de alertas ignorados, um presidente omisso, um governador que cedeu a pressões e um ministro da Saúde que foi à cidade para falar em “tratamento precoce”. Uma soma de erros culminou com a tragédia humanitária que tomou conta do Estado do Amazonas na luta contra a Covid-19.

Desde a última sexta-feira (15), o resto do país e do mundo assiste aflito às cenas dessa tragédia, cujo palco principal é Manaus. Mas alguns espectadores acompanham a situação bem de perto. É o caso do jornalista Dante Graça, com quem nossos colunistas conversaram nesta quarta-feira (20), em bate-papo transmitido ao vivo. A live foi transmitida no perfil de A Gazeta no Facebook e no YouTube (veja no fim deste texto). O podcast com o papo já pode ser conferido nas plataformas de streamings (aperte o play a seguir e confira).

Editor-executivo do jornal online acritica.com e um dos autores da coluna Sim e Não no mesmo jornal, Dante participa desde o início da cobertura da crise humanitária em sua cidade.

Na entrevista ao Papo de Colunista, ele dá um testemunho pessoal dos acontecimentos, além de analisar as responsabilidades das autoridades, os erros que conduziram a esse caos, as preocupações maiores daqui para a frente e, principalmente, as lições que os cidadãos e governantes de outros Estados, como o Espírito Santo, devem colher desse dramático episódio, para evitar a repetição em outras partes do país das cenas vividas agora no Amazonas.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.