ASSINE

Órgãos de jovem atropelada em Cachoeiro vão salvar cinco vidas

Sarah Pittizer, de 26 anos, era casada e tinha dois filhos. Foram doados córneas, rins e fígado, todos destinados a pacientes do Estado que aguardam na fila de transplante

Vitória
Publicado em 02/12/2021 às 19h28
Sarah doou córneas, rins e fígado
Sarah doou córneas, rins e fígado. Crédito: Reprodução/Instagram

Vítima de um atropelamento, a designer de sobrancelhas Sarah Pittizer, de 26 anos, teve a morte confirmada nesta terça-feira (30) pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, onde estava internada. Apesar da tristeza, a família dela tomou uma importante decisão: autorizou a doação dos órgãos da jovem. Foram doados córneas, rins e fígado, todos destinados a pacientes do Estado que aguardam na fila de transplante.

O gesto de solidariedade da família, em respeito a um desejo de Sarah, deve ajudar a salvar cinco vidas, segundo estimativa do hospital. A jovem era casada e tinha um casal de filhos.

Taylor Robert Almeida Batista

Pai de Sarah

"Ela sempre falava com o marido que se lhe acontecesse algo, ela queria ser doadora de órgãos e ele deu total aval para a doação"

Órgãos de jovem serão doados para pacientes na fila de transplantes

JOVEM FOI ATROPELADA POR MOTOCICLISTA

No último domingo (28), Sarah foi atropelada por uma moto no bairro Guandu, em Cachoeiro de Itapemirim.  A motociclista que atropelou a jovem foi socorrida por parentes, segundo informações da Polícia Militar.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Cachoeiro de Itapemirim. "Detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto", finalizou a corporação.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.