ASSINE

Obras do Portal do Príncipe não vão afetar trânsito da região, promete secretário

Promessa é do secretário de Estado de infraestrutura e Mobilidade, Fábio Damasceno, sobre as intervenções para melhorar o tráfego na região da Ilha do Príncipe, em Vitória, que estão orçadas em R$ 42 milhões e começaram na terça-feira (04)

Publicado em 06/08/2020 às 10h15
Atualizado em 06/08/2020 às 14h59
Portal do Príncipe
A Avenida Alexandre Buaiz será ampliada para seis faixas de rolamento com as obras do Portal do Príncipe. Crédito: Divulgação/Semobi

Desde a última terça-feira (04) a tão aguardada obra do Portal do Príncipe, na região da Ilha do Príncipe, em Vitória, começou. A intervenção está prometida há anos e tem como principal objetivo solucionar o gargalo no trânsito que ocorre praticamente todos os dias na chegada à Capital do Estado devido ao entroncamento de muitos acessos, como quem vem da Segunda Ponte, Ponte Florentino Avidos e a Rodovia Serafim Derenzi, por exemplo.

Apesar das intervenções, o fluxo – que já é intenso no trecho, especialmente no horário de pico pelas manhãs – não vai piorar. Pelo menos essa foi a garantia dada pelo secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura , Fábio Dasmaceno.

R$ 42 MILHÕES

É o custo das obras do Portal do Príncipe

"A obra começa inicialmente com a ampliação da Avenida Alexandre Buaiz para seis faixas, o que vai nos permitir realizar a pavimentação da avenida sem a necessidade de intervenção do trânsito. Também será feito nesse terreno o muro de contenção e as adutoras subterrâneas, que abastecem a cidade de Vitória e vêm da Florentino Avidos (ponte), de forma que também não sofra interferência no trânsito, já que temos área para isso", detalhou Dasmaceno em entrevista ao Bom Dia ES, da TV Gazeta, na manhã desta quinta-feira (06).

ÁREA DE LAZER

Após a finalização das obras de mobilidade urbana, a área será transformada em um amplo espaço de lazer e esportes, contando com parque e quadras poliesportivas para moradores da cidade e principalmente da região, que carece de intervenções públicas nesse sentido. No trecho em obras, também será construída um novo trecho de ciclovia, que será interligada à que se prolonga até o Tancredão.

Portal do Príncipe
A região da Ilha do Príncipe ganhará um novo plano urbano com as obras iniciadas nessa semana. Crédito: Divulgação/Semobi

O custo total das obras gira em torno de R$ 42 milhões e o prazo para a conclusão é de 15 meses (um ano e três meses), segundo informado pelo secretário. Todos os recursos estão garantidos pelo Estado, do projeto que foi elaborado ainda no ano de 2009.

"Temos esse dinheiro garantido e obrigatoriamente deve ser aplicado em mobilidade, portanto, até o final do ano que vem a obra terá que estar pronta. Contudo, ela será entregue em etapas. Provavelmente a ampliação da Alexandre Buaiz será o primeiro trecho a ser finalizado, depois partiremos para a melhoria do acesso ao Porto, o que permitirá que ele opere 24 horas", salientou Dasmaceno.

A poluição visual provocada pelo excesso de fios em postes também será extinta na região. Toda a fiação elétrica e cabeamento serão aterrados. A obra do portal do Príncipe ainda está em estágio inicial, mas já há máquinas e homens trabalhando no espaço.

Com informações de Mayara Mello, da TV Gazeta 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.