Obra do Terminal de Itaparica deve ficar pronta no final de agosto, diz DER

A nova cobertura do local, que inicialmente estava prevista para chegar ao Estado nesse mês de maio, teve data adiada. Porém, o DER-ES afirma que a estrutura deve chegar no fim de junho e o terminal tem previsão de ficar pronto no segundo semestre

Publicado em 18/05/2020 às 12h52
Atualizado em 18/05/2020 às 19h06
Obra do novo terminal de Itaparica deve ficar pronta no final de agosto, diz DER
Obra do novo Terminal de Itaparica deve ficar pronta no final de agosto, diz DER. Crédito: Drone da TV Gazeta/Luciney Araújo

O Terminal de Itaparica, em Vila Velha, está sem funcionar desde julho de 2018, quando uma perícia apontou o comprometimento na estrutura e pediu a interdição total da estrutura. A nova cobertura do local, que inicialmente estava prevista para chegar ao Estado neste mês de maio, teve data adiada devido a dificuldades de trabalho diante da pandemia do novo coronavírus. Porém, o Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES) afirma que a estrutura deve chegar no fim de junho e o terminal tem previsão de ficar pronto no final de agosto.

Em entrevista ao Bom dia Espírito Santo, da TV Gazeta, nesta segunda-feira (18), o diretor-presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto, afirmou que nesta terça-feira (19) irá reunir-se com o governo do Estado para debater as dificuldades enfrentadas nas obras devido à crise provocada pelo novo coronavírus.

"Amanhã vamos ter uma reunião com a Secretaria de Planejamento, da Fazenda e com o secretário de Governo para criar algumas tratativas com relação à diminuição ou não no fluxo obras. Mas creio que aqui não haverá diminuição do ritmo poque o governador tem me cobrado essa muito essa obra. Até porque, por esse terminal passavam em torno de 45 a 50 mil usuários por dia. Esperamos que volte esse número e acredito que essa obra não sofrerá descontinuidade", afirmou. 

IMAGENS FEITAS PELO DRONE

PANDEMIA ATRASOU CHEGADA DE MATERIAIS

Maretto completou que a obra local é pequena, porém, lenta. Ele conta que a ideia é reaproveitar todos os pilares do local e que a parte mais  pesada do trabalho é a cobertura do terminal, com estrutura de membrana, que está sendo produzida fora do Estado. Para a produção, são necessários alguns materiais, que, segundo o diretor do DER-ES, atrasaram por problemas de transporte devido à pandemia e isolamento social.

"Essa indústria responsável é a mesma que fez a cobertura do Maracanã, no Rio. A expectativa era que essa membrana chegasse no final maio. Ela é rápida de ser instalada, em torno de 45 a 60. Mas infelizmente não vamos conseguir que chegue agora. A expectativa é que o material chegue no início de julho e comece montagem. A previsão é que fique tudo pronto no final de agosto e início de setembro o terminal já esteja aberto. Enquanto isso, estamos fazendo algumas demolições necessárias, reforço nos pilares e vamos fazer uma rua no fim terminal, para acesso, com autorização da prefeitura. Ao todo, a obra tem R$ 12 milhões de custo total", afirmou.   

FOCO DE DENGUE FLAGRADO POR DRONE

Foco de dengue flagrado por drone da TV Gazeta
Foco de dengue flagrado por drone da TV Gazeta. Crédito: Drone da TV Gazeta/Luciney Araújo

Durante a entrevista no Bom Dia Espírito Santo, o drone da TV Gazeta flagrou vasos sanitários em cima das estruturas do terminal, com água dentro, sendo um risco para foco de dengue. Alertado sobre a situação, Maretto agradeceu o alerta e afirmou que irá pedir que a empresa responsável pela obra tenha atenção com essas águas. Ele também informou que o DER-ES está adquirindo drones para conseguir ter melhor visualização no trabalho nas rodovias.

*Com informações de Kaique Dias, da TV Gazeta.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.