ASSINE

Motorista morto em explosão de carro em Vitória era empresário de 38 anos

Veículo que trafegava na Avenida Adalberto Simão Nader, em Vitória, pegou fogo ainda em movimento. Acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (30)

Publicado em 31/10/2020 às 11h13
Atualizado em 31/10/2020 às 11h27
Empresário Ricardo Portugal, de 38 anos, morreu em acidente de carro
Empresário Ricardo Portugal, de 38 anos, morreu em acidente de carro. Crédito: Acervo Pessoal

O motorista que dirigia o Jeep Compass que explodiu em movimento, enquanto trafegava pela Avenida Adalberto Simão Nader, em Vitória, na tarde de sexta-feira (30), era o empresário Ricardo Portugal, de 38 anos. 

Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A informação foi confirmada pela esposa dele, a economista Cristiane Marba, de 45 anos. Morador da Praia do Canto, na Capital, Ricardo era dono de uma empresa de tecnologia. Ele deixou um filho de 7 anos.

"Não sei nem o que dizer. Ele era um bom amigo, um homem trabalhador, realmente isso ter acontecido foi um susto", desabafa a esposa de Ricardo. Os pais dele são de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e estão a caminho de Vitória.

O ACIDENTE

A cena do carro em chamas já havia sido registrada por câmeras de segurança de uma loja de computadores. As imagens mostram que o veículo pegou fogo enquanto estava em movimento. Inicialmente, a Guarda Municipal de Vitória informou que o veículo teria ficado em chamas "após colisão em frente à entrada do novo aeroporto da capital, por volta de 12h30".

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte e para ser liberado para os familiares. 

O caso será investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito, que instaura Inquérito Policial para a apurar as circunstâncias do ocorrido. O local do incêndio foi periciado e o prazo para a conclusão do laudo é de 30 dias. Outros detalhes não são divulgados.

Vitória (ES) acidente adalberto simão nader

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.