Motociclista de Iúna morre em acidente, mas doa órgãos para salvar 6 vidas

O momento de tristeza da família foi ressignificado e trouxe esperança para outras seis famílias do Espírito Santo. Ao todo, foram doados dois rins, um fígado, um coração e duas córneas

Publicado em 28/10/2020 às 19h52
Ao todo, foram doados dois rins, um fígado, um coração e duas córneas.
Jovem de Iúna morre após acidente e doa órgãos para seis pessoas. Crédito: Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro

O momento triste de uma família de Iúna, no Sul do Espírito Santo, foi ressignificado e trouxe esperança para outras seis famílias do Estado. Michel Ozório de Oliveira, de 31 anos, morreu em um acidente de moto, mas apesar da dor de perder um ente querido, os familiares decidiram autorizar a doação de órgãos.

A cirurgia foi feita nesta quarta-feira (28), na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim. No total, foram doados seis órgãos, sendo dois rins, um fígado, um coração e duas córneas. Segundo a Santa Casa, todos os órgãos captados serão destinados para pacientes que estão na fila de espera por um transplante aqui no Espírito Santo.

Para o pai de Michel, o momento não é fácil, mas ele espera ajudar outras famílias. "É muito difícil para nós. Ele era um rapaz trabalhador, saudável e muito querido. A gente está nesse mundo de passagem, que esses órgãos possam servir para outras pessoas. É duro, muito difícil. Mas decidimos fazer esse gesto com a consciência de que estamos salvando outras vidas", disse Moacir Ozório.

A Santa Casa é um dos hospitais referência no Estado na realização de trabalhos educativos para captação de órgãos. De janeiro a outubro deste ano foram realizadas seis captações de órgãos. Foram dois corações, quatro fígados, oito rins e dez córneas.

A coordenadora da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos Para Transplante (CIHDOTT), Beatriz Rivieri Colodette, reforçou a importância da doação e que somente a família pode fazer essa autorização, por isso precisa saber da vontade do doador. "Converse com a família. Esse é um gesto muito nobre em que, no momento de muita dor, a pessoa consegue expressar seu amor ao próximo", finalizou.

Cachoeiro de Itapemirim Iúna Saúde Hospitais acidente Doação de orgãos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.