ASSINE

Moradores acreditam que gatos foram mortos envenenados em Vitória

Desde o último sábado (28), os animais começaram a aparecer mortos. A suspeita é de envenenamento. Moradores de Jucutuquara ficaram revoltados

Publicado em 02/09/2021 às 12h08
Gatos encontrados mortos em bairro de Vitória
Moradores acreditam que ao menos 5 gatos de rua foram envenenados em bairro de Vitória. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

As mortes de pelo menos cinco gatos de rua do bairro Jucutuquara, em Vitória, são investigadas e revoltaram os moradores da região.

A moradora Iracema tratava dos animais há muito tempo. "Há dois anos apareceu uma gatinha sozinha, aí eu comecei a dar comida, fiquei com pena. Aí depois vi que ela estava esperando gatinhos, então não pude parar. Depois foram nascendo, continuei alimentando", disse.

Desde o último sábado (28), os animais começaram a aparecer mortos. A suspeita é de envenenamento.

"Um vizinho me falou 'vi um gatinho morto'. Aí me despertou. Tá faltando seis e tem um morto. O que aconteceu? Depois que falaram que viram um gatinho se debatendo na rua. Eu falei 'não é possível'. Tem alguém matando", contou.

Cinco dos oito gatos que viviam na região apareceram mortos, sem ferimentos. Um sumiu e outro apareceu com um ferimento no rabo.

Iracema até registrou queixa na polícia, principalmente porque não é a primeira vez que isso acontece no bairro.

No começo do ano, dois gatos do professor Fábio Louzada apareceram mortos e um sumiu.

"Um com um tiro de chumbinho na barriga e o outro envenenado. Um terceiro sumiu. A gente sempre soube que gatos morriam, talvez por causas não naturais. Mas o que chamou muita atenção nesse momento foi essa chacina", explicou Fábio.

Maltratar animais é crime. A lei existe desde 1998 para quem maltrata animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos. Quando é cachorro ou gato, a pena vai de dois a cinco anos de prisão, multa e proibição de guarda.

Na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), existe até uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre maus-tratos.

"É inadmissível o nível de crueldade que ainda existe por parte do ser humano para com os animais. Acionamos a polícia para poder verificar as câmeras, para ver se a gente identifica o criminoso que cometeu essa covardia", disse a deputada estadual Janete de Sá (PMN), presidente da CPI.

Iracema e o Fábio esperam que as mortes dos gatos de Jucutuquara sejam esclarecidas e dizem que animais de rua deveriam ser capturados e castrados, para controlar a população desses bichos.

Polícia Civil disse que se for confirmado o envenenamento dos gatos, o caso será investigado pela Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente. A população pode ajudar ligando para o Disque Denúncia, no número 181.

O Centro de Vigilância em Saúde de Vitória explicou que só recolhe animais atropelados, doentes, fêmeas no cio e fêmeas com filhotes que estejam agressivas e coloquem em risco as pessoas.

Sobre a castração, a Prefeitura de Vitória abriu cadastramento para fazer 3 mil castrações de cães e gatos de graça.

LINHARES

Em Linhares, no Norte do estado, 16 gatos foram encontrados com sinais de envenenamento no bairro Juparanã, em um período de quatro meses.

A Polícia Civil está investigando o caso.

Com informações de Elton Ribeiro, da TV Gazeta

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vitória (ES) cachorro Bairro Jucutuquara

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.