ASSINE

Morador anda de caiaque em rua alagada de Linhares; veja vídeo

Diversas ruas e casas do município ficaram alagadas, muros cederam e uma árvore chegou a cair em um ponto comercial após as chuvas desta segunda (8)

Rede Gazeta
Publicado em 09/03/2021 às 13h45
Morador anda de caiaque em rua alagada de Linhares
Morador anda de caiaque em rua alagada de Linhares. Crédito: Leitor / Arte A Gazeta

A tempestade que atingiu o Espírito Santo nesta segunda-feira (8) também causou danos em Linhares, no Norte do Estado. Diversas ruas e casas do município ficaram alagadas, muros cederam e uma árvore chegou a cair em um ponto comercial. No bairro Shell, um morador aproveitou a correnteza para nadar de caiaque. Veja o vídeo abaixo.

Com o grande volume de chuva, o muro de uma cooperativa caiu, e a água que inundou as ruas também invadiu algumas casas, chegando ao nível de 1 metro. De acordo com a Defesa Civil, a maior parte dos moradores conseguiu retornar aos imóveis, mas três famílias continuam fora de casa e muitos perderam bens e móveis.

A Defesa Civil Municipal informa que está com esquema especial de plantão e vistoria nas áreas de risco do município. Em caso de emergência, o cidadão pode acionar o plantão através do telefone (27) 99983-5661.

Estragos da chuva em Linhares

Estragos das chuvas em Linhares
undefined. Eduardo Dias e telespectadores da TV Gazeta Norte
Estragos das chuvas em Linhares
undefined. Eduardo Dias e telespectadores da TV Gazeta Norte
Estragos das chuvas em Linhares
undefined. Eduardo Dias e telespectadores da TV Gazeta Norte
Estragos das chuvas em Linhares
undefined. Eduardo Dias e telespectadores da TV Gazeta Norte
Estragos das chuvas em Linhares
undefined. Eduardo Dias e telespectadores da TV Gazeta Norte
undefined
undefined
undefined
undefined
undefined

RIO BANANAL

Rio Bananal, também no Norte do Espírito Santo, foi afetado pela forte chuva de segunda-feira (8), mas sem grandes estragos. De acordo com a Defesa Civil, o nível do Rio Bananal, que dá nome ao município e atravessa o Centro da cidade, chegou a cota de inundação após a tempestade, atingindo 2,5 metros. O órgão afirma que não registrou casos de desmoronamentos e deslizamentos, mesmo com a forte chuva, e pede para que os moradores das áreas de risco redobrem a atenção. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares linhares tempestade ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.