Mesmo com risco alto para Covid-19, Praia da Bacutia lota em Guarapari

Um vídeo gravado pouco depois das 15h desta quarta-feira (30) mostra que não há distanciamento entre as pessoas na areia da famosa Praia da Bacutia, local muito procurado no verão e para o réveillon

Vitória
Publicado em 30/12/2020 às 18h35
Atualizado em 30/12/2020 às 18h35
Praia em Guarapari registra aglomeração
Praia em Guarapari registra aglomeração. Crédito: Reprodução

Os decretos publicados desde o início da pandemia pelo governo estadual e as últimas regras impostas pela administração municipal de Guarapari não foram suficientes para impedir a aglomeração de banhistas na Praia da Bacutia, nesta quarta-feira (30) - penúltimo dia do ano de 2020. Em um vídeo gravado pouco depois das 15h é possível ver que não há distanciamento entre as pessoas na areia. As imagens também mostram a quantidade de carros na rua principal da orla. O município está entre os oito classificados com o risco alto para o contágio da Covid-19, segundo o 37º Mapa de Risco do Estado

Guarapari , a "Cidade Saúde", é um dos destinos mais procurados do Espírito Santo durante o verão e para a festa de ano-novo.

Nesta quarta-feira (30), data do flagrante de aglomeração, a prefeitura publicou um decreto que estabelece regras enquanto o município estiver em risco alto. Algumas medidas, como o horário de funcionamento dos bares, contrariam o que vem sendo determinado pelo governo estadual. Na cidade, restaurantes, pizzarias e galerias poderão funcionar até as 22 horas, na contramão da norma do ES, que limita o atendimento até as 20h.

Praia em Guarapari registra aglomeração
Fila de carros estacionados na Praia da Bacutia, em Guarapari. Crédito: Reprodução

O decreto também trouxe a proibição para o funcionamento de boates, shows, casas de shows e afins, assim como o impedimento para a venda de bebidas alcoólicas no calçadão das praias, o que pode gerar cassação da licença do ambulante.

Guarapari publica decreto com medidas contra Covid-19

Confira as medidas de enfrentamento à Covid-19 no município

Em um outro vídeo feito na mesma praia, uma pessoa ironiza dizendo que "coronavírus não vem aqui, não" - fazendo referência aos protocolos, como distanciamento social e uso de máscara, descartados pela população que curte o lugar. Veja o vídeo:

Mais de cinco mil pessoas já morreram vítimas da doença no Espírito Santo. No Brasil, são mais de 190 mil histórias interrompidas pela Covid-19.

Procurada pela reportagem de A Gazeta, a Prefeitura de Guarapari não informou se realizou alguma ação na Praia da Bacutia nesta quarta (30) para evitar as aglomerações. Também não respondeu se houve alguma denúncia sobre a movimentação na praia.

Em nota, a administração municipal garantiu que fiscalizações têm ocorrido em "diversos locais e situações", como "churrascos na praia, tendas, caixas de som, aglomerações, bares e restaurantes".

Ainda acrescentou que a população pode denunciar os pontos de aglomerações, como na Praia da Bacutia.

O serviço de Disque Aglomeração funciona todos os dias das 9h às 22h, pelo telefone: (027) 99716-1848. O Disque Silêncio funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial, além de atuar de segunda a domingo, das 18h às 2h. O telefone para denúncias de poluição sonora, caixas ou carros de som é o (027) 99905-6397. Das 2h às 08h a população deve acionar a Polícia Militar, através do telefone 190.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.