ASSINE

Marataízes registra oito mortes por coronavírus em 11 dias

As últimas duas mortes foram divulgadas nesta quinta-feira (11). Em maio, foram 15 óbitos pela doença

Publicado em 11/06/2020 às 16h50
Atualizado em 11/06/2020 às 16h50
Praia Central, Marataízes
Praia Central, Marataízes. Crédito: Divulgação/PMM

O município de Marataízes, no Litoral Sul do Espírito Santo, registrou oito mortes pelo novo coronavírus nos últimos 11 dias. No mês de maio, quando começaram os primeiros casos de óbitos no balneário, 15 pessoas perderam a vida pela doença. Os últimos dois casos foram divulgados nesta quinta-feira (11), pela prefeitura.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, na quarta-feira (10) faleceu um idoso de 76 anos, com doença renal crônica, cardíaco, hipertenso e diabético, morador da Barra de Itapemirim. Ele foi internado no dia 22 de maio no Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim por outras causas e transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro com suspeita da doença. Ele testou positivo na última terça-feira (09).

Já nesta quinta-feira, outro idoso, desta vez de 71 anos, morreu vítima da Covid-19. Segundo o município ele era hipertenso e diabético e morava na localidade de Jaboti. Ele foi atendido por uma unidade básica de saúde no dia 23 de maio, encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento 24h Dr Anis Nahssen, onde testou positivo para a doença. No mesmo dia foi transferido para o Hospital Evangélico Litoral Sul, em Itapemirim.

O avanço dos registros de mortes em Marataízes chama a atenção. O primeiro registro de óbito pelo coronavírus aconteceu no dia 06 de maio e o mês fechou com um triste saldo de 15 mortes. Neste mês, 11 pessoas  já morrem, quatro, somente nesta semana. Até esta quinta-feira, o balneário já soma 23 pessoas que morreram pela doença.

Segundo a última atualização dos dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 391 moradores testaram positivo para o novo coronavírus. Destes, 313 estão curados.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.