ASSINE

Idoso de 93 anos supera coronavírus e se prepara para receber alta no ES

Internado há mais de uma semana e tendo muitos problemas de saúde, José Dalrio deve deixar o hospital nesta terça-feira (28) após se recuperar da Covid-19. Ele chegou a ficar na UTI, mas não precisou de ventilação mecânica para ajudar na respiração

Publicado em 27/04/2020 às 15h06
Atualizado em 27/04/2020 às 23h51
Aos 93 anos, José Dalrio superou o coronavírus e está perto de receber alta do hospital
Aos 93 anos, José Dalrio superou o coronavírus e está perto de receber alta do hospital. Crédito: Arquivo pessoal

Desde o último dia 17 de abril, os familiares do aposentado José Dalrio, de 93 anos, conviviam com o medo de perdê-lo por conta do novo coronavírus. Esse sentimento deu lugar à expectativa em vê-lo novamente em casa, já que pouco mais de uma semana após dar entrada no Hospital Meridional Serra, na Serra, onde testou positivo para a Covid-19, o idoso está em vias de receber alta médica nesta terça-feira (28).

A recuperação rápida surpreendeu, visto os fatores de saúde que o idoso apresentava. Segundo a neta dele, a dentista Helen Dalrio, de 28 anos, o avô é acamado, tem complicações renais, pressão alta e surdez, condições que podem agravar o quadro clínico do paciente com coronavírus.

"A sensação que temos é de que ele passou por um milagre. Meu avô vive na cama, tem problemas nos rins e pressão alta. Na quinta-feira (16), notamos que ele estava com um comportamento anormal para ele e o levamos para o hospital. Lá ele foi logo atendido e fizeram o exame, detectando que ele tinha coronavírus. Ficamos preocupados, pois ele tem a saúde debilitada e, pelo que sabemos, essa doença é mais perigosa para idosos e com fatores de risco. Graças a Deus ele teve uma recuperação surpreendente e agora está pertinho de sair", disse a neta.

Como se não bastasse a rápida evolução, a recuperação de José Dalrio foi ainda mais surpreendente porque o idoso não precisou de ventilação mecânica no período que esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

"Ele chegou no hospital e não estava bem, mas na avaliação médica realizada, viram que a princípio não seria necessário fazer uso de respirador artificial, ele conseguia respirar por conta própria. Ainda assim ele foi para a UTI e permaneceu lá até a última sexta-feira (24), quando foi transferido para outro quarto", complementou a neta.

Além do avô, o temor em relação ao coronavírus amedrontou ainda mais a família. Dois filhos de José Dalrio, que ajudam a cuidar dele, precisaram realizar teste para a doença. De acordo com a dentista, ambos testaram negativo, mas, por precaução, estão em quarentena.

DA UTI PARA O QUARTO

O momento em que o aposentado foi transferido da UTI para outra ala hospitalar foi registrado pela filha de José Dalrio. No vídeo, Aparecida Dalrio mostra o pai sendo levado, de maca para outro setor e aproveita para agradecer ao empenho dos médicos para salvar o familiar.

Assim que deixar o hospital, o aposentado retornará para a casa da família, localizada no bairro Barro Branco, na Serra. A única pendência para que José Dalrio receba a alta médica é a liberação do novo resultado do exame feito para atestar que o aposentado não apresenta mais o quadro clínico viral. 

Em nota, o Hospital Meridional Serra confirmou que o paciente está internado na unidade da Serra e evoluindo bem para a alta médica.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Grande Vitória Serra Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 serra Hospital Meridional Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.