ASSINE

Hospitais de Linhares não têm mais leitos públicos de UTI disponíveis

De acordo com dados da Sesa, os leitos de UTI para pacientes com a Covid-19 do Hospital Rio Doce e do Hospital Geral de Linhares estão com 100% de ocupação

Publicado em 06/07/2020 às 17h02
Atualizado em 06/07/2020 às 17h54
Leitos Exclusivos HGL para pacientes com novo coronavírus
Leitos Exclusivos HGL para pacientes com novo coronavírus. Crédito: Felipe Reis/Felipe Tozatto

Os hospitais de Linhares, na região Norte do Espírito Santo, já não tem mais vagas públicas de UTI para o tratamento de pacientes com Covid-19. O Hospital Geral de Linhares (HGL) e o Hospital Rio Doce estão com a lotação máxima de seus leitos para o  novo coronavírus.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgados nesta segunda-feira (6), no HGL, todos os 20 leitos de terapia intensiva estão ocupados. Os oito leitos contratualizados no Hospital Rio Doce, unidade filantrópica, também estão completamente lotados. A situação já foi registrada nesse domingo (5).

O secretário de saúde de Linhares, Saulo Meirelles, disse em entrevista ao telejornal ES1, da TV Gazeta Norte,  que os números preocupam, mas que até o final da semana a cidade deve ganhar 10 novos leitos de UTI no HGL, disponibilizados através de uma parceira da prefeitura com o governo do Estado. Procurada, a Sesa não se manifestou sobre a situação dos leitos em Linhares.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.