ASSINE

Covid-19: morre pastor da Primeira Assembleia de Deus em Aracruz

Inicialmente, o líder religioso ficou internado no Hospital São Camilo e depois foi transferido para o Hospital Praia da Costa, em Vila Velha, mas perdeu a batalha para a doença neste domingo (05)

Publicado em 06/07/2020 às 15h43
Atualizado em 06/07/2020 às 17h08
Pastor Geraldo (à esquerda) recebe homenagem do vereador Alcântaro Filho
Pastor Geraldo (à esquerda) recebe homenagem do vereador Alcântaro Filho. Crédito: Facebook

O pastor Geraldo Pinto de Oliveira, de 63 anos, presidente da Primeira Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em Aracruz, morreu neste domingo (05), por volta das 22h, após ficar internado com a Covid-19 por 35 dias, de acordo com relato do filho dele, Gedielson Franqueta Oliveira. A secretaria de Saúde do município (Semsa) também confirmou a causa da morte.

Inicialmente, o líder religioso ficou internado no Hospital São Camilo e depois foi transferido para o Hospital Praia da Costa, em Vila Velha.  A doença foi constatada, por meio de exames, durante o período em que ele ficou hospitalizado. O pastor foi sepultado, sem velório, por volta das 11 horas desta segunda-feira (06).

Geraldo era uma pessoa muito conhecida em Aracruz e foi homenageado em mais de uma ocasião no município do Norte do Estado. Inclusive hoje (06), o presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Erick Musso, publicou, em uma rede social, uma nota de pesar declarando estar em oração pela família da vítima.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Aracruz Saúde Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 aracruz Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.