ASSINE

Homem e adolescente se afogam na Barra do Jucu, em Vila Velha

O menino de 14 anos apareceu mais de duas horas depois e foi ajudado por moradores da região. Homem de 36 anos também conseguiu se salvar, voltou para casa e está bem, segundo os Bombeiros

Publicado em 21/12/2020 às 23h16
Atualizado em 22/12/2020 às 09h23
Vila Velha - ES - Praia da Conhca na Barra do Jucu.
Praia da Concha na Barra do Jucu, próximo ao local onde os rapazes se afogaram . Crédito: Vitor Jubini

Um homem de 36 anos e um adolescente de 14 se afogaram na foz do Rio Jucu, na região da Barra do Jucu, em Vila Velha, no final da tarde desta segunda-feira (21). Eles, que são de Cariacica, estavam acompanhados do pai do adolescente, que foi pescar no local. O menino foi encontrado cerca de duas horas e meia depois.

O pai do menino, George Inácio Iuna, afirmou que seu filho e o amigo dele, de 36 anos, resolveram mergulhar no local onde o rio encontra o mar, com outros colegas da região, mas foram engolidos pela correnteza. Os outros rapazes que estavam com eles tentaram encontrá-los, mas não conseguiram.

Segundo George, seu filho apareceu depois de mais de duas horas e meia, andando pela região da Barra do Jucu, com os olhos vermelhos e bastante debilitado. Ele foi ajudado por moradores da região e ligou para seu celular. George foi até o encontro do filho, que foi levado pelo Corpo de Bombeiros para um hospital da região. Até a noite desta segunda-feira a informação era de que o homem que estava com o adolescente ainda estava desaparecido.

Este vídeo pode te interessar

No entanto, a reportagem de A Gazeta demandou o Corpo de Bombeiros na manhã desta terça-feira (22). A assessoria de imprensa informou, por nota, que os Bombeiros foram acionados para atender a ocorrência no início da noite desta segunda-feira.

"Um adolescente de 14 anos entrou no mar e não retornou. Um homem também pulou na água, na tentativa de salvar o menor, e acabou desaparecendo junto. A equipe de mergulho realizou buscas até o horário de segurança, mas suspendeu por conta da visibilidade. Posteriormente, o pai da vítima de 14 anos acionou o Ciodes e informou que o filho foi encontrado com vida, na areia. Uma viatura foi deslocada e realizou atendimento médico do adolescente, orientando a ir a uma unidade de saúde", explicou.

Ainda na nota, a corporação disse que "o adulto ainda não havia sido localizado e as buscas seriam retomadas na manhã de hoje (22). Porém, quando a equipe de mergulho estava a caminho, familiares do homem que estaria desaparecido entraram em contato com o Ciodes, informando que haviam visto na televisão que o trabalho seria reiniciado e relatando que o senhor havia retornado para casa ainda na noite de ontem e estava bem. Sendo assim, os militares retornaram à base e a ocorrência foi encerrada", finalizou.

Atualização

22 de Dezembro de 2020 às 09:22

Após a publicação desta matéria, que apontava que o homem de 36 anos continuava desaparecido após mergulhar na foz do Rio Jucu, o Corpo de Bombeiros enviou uma nota, em resposta à demanda de A Gazeta, informando como foi o atendimento à ocorrência e explicando que o homem voltou para casa e que está bem. O texto foi atualizado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.