ASSINE

Governo do ES já gastou quase R$ 100 milhões no combate ao coronavírus

A quantia se refere às despesas de cinco secretarias, a maior delas é da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa)

Publicado em 17/04/2020 às 16h52
Atualizado em 17/04/2020 às 16h59
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. . Crédito: Reprodução/TV

governo do Estado já investiu cerca de R$ 100 milhões no enfrentamento ao novo coronavírus no Espírito Santo. A quantia foi destinada para a contratação de pessoal, obras, produtos de higiene, cestas básicas e a compra de objetos, como respiradores. 

Baixe o guia especial sobre coronavírus

Esse valor envolve cinco secretarias: Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), Secretaria de Estado da Educação (Sedu), Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb) e Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi).

Somente para a Sesa foram R$ 90 milhões. O montante utilizado até o momento é para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), respiradores, insumos, abertura e adequação de leitos, contratação de pessoal, e obras.

  1. 01

    Sesa

    A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que para o enfrentamento da Covid-19, até o momento, a despesa em execução foi de R$ 90.571.298,84. O montante utilizado até o momento é para aquisição de equipamentos de EPI’s, respiradores, insumos, abertura e adequação de leitos, contratação de pessoal, e obras.

  2. 02

    Sedu

    A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) informou que foram gastos R$ 8.969.660,85, sendo R$ 1.173.999,99 com atividades pedagógicas não presenciais e R$ 7.795.660,86 com o fornecimento de cestas básicas a 92 mil alunos cujas famílias estão inseridas no CadÚnico. 

  3. 03

    Semobi

    A Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura  (Semobi) adquiriu 30 mil máscaras de pano (reutilizáveis), que serão utilizadas por motoristas e cobradores que operam no sistema Transcol. O valor total da despesa realizada foi de R$ 102 mil.

  4. 04

    Sejus

    A Secretaria da Justiça (Sejus) investiu R$ 335 mil em materiais específicos para produção em larga escala de máscaras descartáveis que serão destinadas aos servidores da segurança pública do Estado. Entre os insumos adquiridos estão tecidos, linhas, elástico, fio para costura, arame plastificado, agulhas e faca para corte. A confecção das máscaras será realizada pelos internos do sistema prisional e visa a atender as demandas ocasionadas pela pandemia do Covid-19.

  5. 05

    Ceturb

    A  Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb) gastou R$ 16.952,30. Entre as realizações da Ceturb estão: aquisição de 11 lavatórios e tinta para demarcação dos pisos dos terminais, compra de sabonete líquido, compra de saboneteiras reservatórias, compra de álcool gel, compra de álcool isopropílico para limpeza da sede, compra de máscaras e confecção de cartazes e banneres para campanha educativa.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.