ASSINE

Exército doa alimentos a famílias de alunos de projeto social no ES

Cerca de 225 famílias, selecionadas e indicadas pelas escolas, são de alunos vinculados ao programa "Forças no Esporte", desenvolvido pela instituição

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/04/2021 às 15h06
Vila Velha
As famílias selecionadas fizeram o agendamento para a retirada das cestas na sede do 38º Batalhão. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Arroz, feijão, macarrão e óleo. Quatro alimentos que fazem parte da cesta básica do brasileiro, mas  faltam na mesa de muitas pessoas com o agravamento da pandemia do novo coronavírus em todo o Brasil. No Espírito Santo, essa realidade não foge do cenário nacional, mas uma ação do Exército ajuda a levar comida a quem mais necessita.

Através de um projeto que envolve crianças carentes, cestas básicas foram distribuídas aos familiares dos estudantes nas cidades da Grande Vitória. Por meio do programa "Forças no Esporte", centenas delas já foram entregues às famílias cadastradas. Nesta quinta-feira (22), houve distribuição de mantimentos nas cidades de Vitória e Vila Velha. Instituições como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Vila Velha (Apae) e a Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo (Amaes) também foram contempladas com os alimentos e as retiradas ocorrem no ginásio do próprio Exército no município canela-verde.

Antes da pandemia, o projeto esportivo contava com cerca de 225 alunos. A necessidade em cessar o contato físico para evitar a transmissão do vírus fez com que as crianças deixassem de praticar as atividades nas dependências do 38º Batalhão de Infantaria semanalmente, porém elas não ficaram desamparadas.

Vila Velha
Ao todo, familiares de 225 alunos vinculados ao programa Forças no Esporte, do Exército, receberam cestas básicas. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Ao todo, oito escolas são contempladas pelo projeto social. Todos os alimentos doados são fruto da ausência dos alunos desde que a pandemia chegou ao Estado, já que recebiam alimentação nos três dias da semana em que o programa era desenvolvido.   

"Estamos fazendo essa entrega porque sabemos que é muito importante que essas crianças e as famílias delas possam contar com uma boa alimentação, ainda mais em um momento de tanta dificuldade como este que atravessamos", disse tenente-coronel Penalva.

Vila velha
O tenente-coronel Penalva salientou que as doações devem prosseguir nos próximos meses. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

INDICAÇÃO

As famílias selecionadas foram todas indicadas pelas escolas na quais os filhos estão matriculados e os pais fazem a retirada pessoalmente, após agendamento, na sede do Exército, em Vila Velha. A distribuição ocorre nesta quinta, no Exército, e sexta-feira (23) em uma escola municipal de Cariacica.

Tendo um filho vinculado ao projeto, o motorista autônomo Marcelo Sepulcro foi um dos escolhidos e não escondeu a alegria em receber a ajuda em "boa hora". "Com certeza ajuda demais porque está difícil. Eu trabalho como autônomo, então fiquei parado e sem conseguir ter uma renda".

Vila Velha
O motorista autônimo Marcelo Sepulcro tem um filho no projeto e disse que a ajuda chegou em ótima hora. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A intenção do Batalhão de Vila Velha é realizar uma nova rodada de doações de cestas básicas já no mês de maio e meses seguintes. Isto, entretanto, só ocorrerá mediante o repasse de recursos do governo federal. Mas a expectativa é positiva em relação à chegada de verba para a manutenção das doações.

Com informações de Kaique Dias, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.