ASSINE

ES deve receber 600 mil doses de vacinas contra Covid-19 em maio

Em coletiva nesta sexta-feira (30), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, disse que apesar do atraso da aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 em alguns municípios, Estado segue com bom desempenho na vacinação

Vitória
Publicado em 30/04/2021 às 12h18
Vacina Coronavac
Se ritmo de vacinação continuar bom, ES pode ser um dos primeiros Estados do Brasil a atingir imunidade coletiva. Crédito: Carlos Alberto Silva

Apesar do atraso da aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 em alguns municípios capixabas, o Espírito Santo segue tendo um bom desempenho na vacinação. É o que afirmou o secretário Nésio Fernandes durante entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (30) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Também participou da transmissão o subsecretário em Vigilância e Saúde, Luiz Carlos Reblin.

Segundo o secretário, se o ritmo da vacinação continuar bom e sem atrasos por parte do Ministério da Saúde na entrega dos imunizantes, haverá condições para o que o Espírito Santo seja um dos primeiros Estados do Brasil ao alcançar a imunidade coletiva.

Nésio Fernandes

Secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo

"Temos expectativa de receber, ao longo de maio, mais 600 mil doses de vacina no Estado"

Com o recebimento dos novos lotes de doses do imunizante, o secretário prevê que isso permitirá que o Estado consiga avançar na imunização plena da vacinação, com todo o público-alvo denominado pelo Ministério da Saúde, vacindo.

"Ainda nos próximos dias devemos receber um quantitativo suficiente de Coronavac para garantir a segunda dose para quem está aguardando", completou Nésio Fernandes.

REVEJA A COLETIVA

Na coletiva, Nésio Fernandes também afirmou que última semana do mês de abril de fato consolida uma fase de recuperação da curva de casos, internações, ocupação hospitalar e óbitos no Espírito Santo. Fez também o detalhamento de como vai ser a vacinação para a população com comorbidades aqui no Estado e ainda previu que, até o final da próxima semana, o Espírito Santo pode ter ocupação da taxa de leitos de UTI inferior a 80%. Para rever os pontos principais da coletiva, clique aqui ou assista abaixo.

Espírito Santo Saúde SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo nesio fernandes Saúde Vacina Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.