ASSINE

Distribuidoras podem voltar a vender bebidas nos finais de semana no ES

Na última sexta-feira (03), entrou em vigor uma portaria que derruba as restrições que foram impostas a partir de 22 de junho

Publicado em 06/07/2020 às 08h57
Atualizado em 06/07/2020 às 10h39
Uso abusivo de bebidas alcoólicas: mortes no Espírito Santo estão acima da média nacional
Desde a última semana de junho, as distribuidoras não tinham autorização para vender bebidas alcoólicas aos sábados e domingos. Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) revogou a regra que impedia a venda de bebida alcoólica em distribuidoras aos finais de semana. A medida ficou em vigor por duas semanas.

Na última quinta-feira (02), o secretário de Saúde Nésio Fernandes assinou uma portaria em que derruba essas restrições que foram impostas a partir de 22 de junho. As novas normas entraram em vigor na sexta-feira (03).

Desde a última semana de junho, as distribuidoras não tinham autorização para vender bebidas alcoólicas aos sábados e domingos, em uma tentativa de aumentar o isolamento social, reduzindo os riscos de contágio de coronavírus. Durante a semana, a venda só era permitida do meio-dia às 16h.

Com essa nova portaria, que entrou em vigor na sexta, só continua vedado o consumo presencial nesses estabelecimentos. Já as lojas de conveniência seguem impedidas de comercializar bebidas alcoólicas nos finais de semana e, nos dias úteis, fora do horário entre 12h e 16h. Até pelo menos o final de julho, também continua proibido o funcionamento de bares, cinemas, boates, casas de shows e espaços culturais.

OCUPAÇÃO DE UTI

Apesar da região metropolitana de Vitória apresentar uma tendência de estabilização no crescimento de casos de coronavírus, a doença segue avançando pelo Estado.

O aumento dos casos de Covid-19 no Espírito Santo nos últimos dias tem feito subir novamente a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Sistema Único de Saúde (SUS). Neste domingo (5), estavam ocupadas 600 das 693 vagas em leitos públicos para tratar pacientes com quadro grave causado pelo novo coronavírus no Estado. Com isso, a taxa de ocupação chegou a 86,5%.

A Gazeta integra o

Saiba mais
SESA Coronavírus Coronavírus no ES nesio fernandes Bebida Alcoólica

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.