> >
Crea-ES diz que ponte em obras em Colatina não oferece mais riscos

Crea-ES diz que ponte em obras em Colatina não oferece mais riscos

Há uma semana a instituição emitiu uma nota alertando sobre os riscos que a estrutura das obras oferecia à vida dos trabalhadores e a quem passava pela região

Publicado em 11 de junho de 2024 às 08:20- Atualizado há 7 dias

Ícone - Tempo de Leitura 2min de leitura
Estrutura de ponte em obra em Colatina oferece risco a trabalhadores e pedestres
Estrutura de ponte em obra em Colatina oferece risco a trabalhadores e pedestres. (Divulgação/Crea-ES)

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES) informou, nesta semana, que a obra da Ponte Agostinho Galdino, conhecida como Ponte do Irajá, no bairro Marista, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, não oferece mais riscos à vida de trabalhadores e a quem passa pela região. A instituição explicou que constatou que as anomalias observadas em vistorias anteriores estão sendo regularizadas e disse que agora a estrutura está estabilizada.

Na última semana, o Crea-ES emitiu uma nota alertando sobre os riscos que apresentava a Ponte do Irajá, como também é conhecida, e informou que havia a necessidade de isolar a área. Fez ainda recomendações de intervenções no local para garantir a segurança.

O Conselho informou que foram feitas trocas de parafusos e de materiais metálicos e mecânicos da estrutura da ponte, e que também foram apresentadas as documentações e os levantamentos necessários. “Foi observado por uma equipe multidisciplinar do Crea-ES que todas suas orientações quanto à correção das irregularidades apontadas anteriormente estão sendo sanadas”, informou.

Alguns itens que já estão sendo solucionados, segundo o Crea-ES:

  • Levantamentos dos serviços de escoramentos realizados pela empresa responsável;
  • Aumento dos índices de segurança com trocas de parafusos, materiais metálicos e mecânicos;
  • Observações com análises de risco in loco;
  • Análises das documentações apresentadas pelos responsáveis técnicos e pela empresa executora;
  • Também foi observado por uma equipe multidisciplinar do Crea-ES que todas suas orientações quanto à correção das irregularidades apontadas anteriormente estão sendo sanadas.

Uma nova vistoria está marcada para a próxima quinta-feira (13), informou a instituição, “para acompanhar a execução dos trabalhos, observar a implementação das recomendações técnicas emitidas e contribuir com os trabalhos que estão sendo executados pela gestão municipal”.

Em nota, a Prefeitura de Colatina afirmou que os fiscais do conselho foram convidados pela administração municipal para acompanhar os trabalhos. “Os fiscais do Crea-ES voltarão a Colatina para acompanhar de perto os trabalhos na ponte Agostinho Galdino, onde poderão constatar que todas as exigências sempre foram cumpridas desde o início dos trabalhos”, disse.

Este vídeo pode te interessar

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais