ASSINE

Covid-19: ES tem 95% da população adulta vacinada com a 1ª dose

A informação foi divulgada pelo subsecretário da Saúde do ES, Luiz Carlos Reblin, que apontou para a necessidade da população de tomar também a segunda dose da vacina

Vitória
Publicado em 17/11/2021 às 12h46
Vacina Coronavac
95% da população do Espírito Santo já receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Crédito: Carlos Alberto Silva

Espírito Santo atingiu a marca de 95% da população apta vacinada com ao menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. A informação foi divulgada pelo subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, em coletiva de imprensa virtual nesta quinta-feira (17).

Luiz Carlos Reblin exaltou o percentual expressivo de capixabas que estão parcialmente imunizados contra a doença, mas apontou para a necessidade da população se mobilizar para receber também a segunda dose da vacina. Ele explicou que, por conta da falta de adesão para que seja completado o esquema vacinal, é importante adotar novas estratégias para promover a imunização.

"Mais de 95% da população adulta já tomou a 1ª dose. Se eu tenho essa população em cada cidade, tenho que verificar quantos faltam para tomar a segunda. O número mais próximo da realidade é aqueles que efetivamente foram se vacinar. Temos um número importante de pessoas que não tomaram a segunda dose. Temos que ir à casa das pessoas, fazer eventos, vamos precisar ir atrás porque cada dose aplicada é muito importante", disse o subsecretário.

No Painel Covid-19, segundo dados desta quarta-feira (17), 58,99% da população capixaba tomou as duas dose da vacina.

Nésio Fernandes e Luiz Carlos Reblin, prestes a dar mais uma entrevista coletiva sobre o novo coronavírus no Espírito Santo
Nésio Fernandes e Luiz Carlos Reblin concederam entrevista coletiva virtual nesta quinta (17). Crédito: Divulgação | Secretaria de Saúde do Espírito Santo

Também durante a coletiva de imprensa virtual, o secretário da Saúde de Estado, Nésio Fernandes, apontou para a necessidade de vacinação dos adolescentes como forma importante de controlar a circulação do vírus. Segundo ele, regiões do Estado já atingiram ou estão próximas de chegar aos 90% de habitantes entre 12 e 17 anos imunizados com ao menos a primeira dose. Ele reiterou ainda a expectativa da liberação da aplicação das doses contra a Covid-19 em crianças de até 11 anos.

"Nesta manhã (17), a região do noroeste do ES alcançou a meta de 90% dos adolescentes vacinados, também a região do Caparaó deve alcançar essa meta. A vacinação deste público é fundamental para que a gente consiga alcançar uma taxa de ampla cobertura vacinal na população total no Estado. O Ministério da Saúde não adquiriu vacinas e ainda não temos autorização para vacinar a população com menos de 12 anos, mas mantemos a expectativa de que a Coronavac ou a Pfizer seja autorizada para crianças", ponderou.

Para que seja acelerada a imunização de adolescentes, o subsecretário Luiz Carlos Reblin anunciou também uma campanha de vacinação nas escolas do Espírito Santo. Segundo ele, os estudantes serão imunizados entre a próxima segunda-feira (22) e a sexta-feira (26).

Além disso, Nésio Fernandes comemorou a marca de seis milhões de vacinas contra a Covid-19 aplicadas no Estado. O secretário pontuou, porém, a necessidade de uma maior adesão à segunda dose da vacina e também à terceira dose, que já é aplicada em idosos e que passará a ser utilizada em toda a população acima dos 18 anos, conforme regulamentação do Ministério da Saúde.

"Se nós tivéssemos alcançado ampla cobertura vacinal de D2 e D3 de toda a população apta, estaríamos em uma situação de muito baixo risco em todo o Estado e com condições de celebrar diversos dias sem óbitos reais. No Estado, temos um mecanismo de investigação e registro de óbitos muito fino, que inclui uma taxa de correção de mortalidade das mais baixas do Brasil. O avanço para completar dias, semanas e meses sem óbitos depende da cooperação da população", disse.

Nésio completou ainda afirmando que cerca de 150 mil capixabas ainda não receberam nenhuma dose da vacina contra a Covid-19. Ele fez um apelo à esse público, afirmando que não trata-se de uma ideologia política, mas de um recurso efetivo para salvar vidas.

"Aos pouco mais de 150 mil capixabas que decidiram não se vacinar com a primeira dose, nós fazemos um convite: que aposte na ciência, nos resultados. Nós estamos preocupados com a sua vida. Estamos preocupados com a capacidade de oferecer a você um recurso reconhecidamente eficaz para protegê-lo de uma doença que mata", finalizou.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NO ES

Conforme a última atualização do Painel Vacinação, ferramenta da Secretaria da Saúde de Estado (Sesa), 6.010.012 doses de vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas no Espírito Santo. Destas, 3.241.718 foram destinadas à primeira dose e 2.282.506 à segunda dose. Um total de 114.854 vacinas de dose única foram administradas no Estado.

Em relação à dose de reforço, que é atualmente aplicada em idosos e profissionais de saúde, mas que passará a ser administrada em toda a população adulta, já foram utilizadas 370.934 unidades, de acordo com o Painel Vacinação.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.